2018 | A BANDA SONORA DO ANO

Retrospectiva 2018: banda sonora do ano
Este ano reduzi muito a quantidade de publicações sobre música. Nem sei ao certo porquê, mas penso que as publicações mais normais sobre música não geram tanto interesse aqui e, por isso, sempre que falei de música tentei fazê-lo de forma mais completa, mais abrangente. Se tivesse falado mais de música talvez soubessem melhor o que esperar das listas que se seguem. Assim talvez tenham uma ou outra surpresa.
Retrospectiva 2018: banda sonora do ano
O álbum mais ouvido do ano não foi uma surpresa para mim: Tranquility Base Hotel + Casino, dos Arctic Monkeys. Não é um álbum consensual entre fãs da banda, mas não preciso de dar a minha opinião, pois não? Como preparação para o Alive, houve mais álbuns da banda a entrarem para os mais ouvidos do ano. O álbum do Mike Shinoda, Post Traumatic, também marcou o meu ano, como não podia deixar de ser. De 2017 trouxe o One More Light, dos Linkin Park, e o Reputation, da Taylor Swift. Descobri o Pontos Nos Is, d'Os Quatro e Meia, e apaixonei-me. Para completar... o álbum mais recente do Rod Stewart foi uma surpresa de início de Outono... e foi uma maravilha.
Retrospectiva 2018: banda sonora do ano
Já deviam saber que os meus tops de músicas mais ouvidas são sempre a maior salada desta vida. Desta vez há música brasileira, Arctic Monkeys, Mike Shinoda e ainda espaço para Linkin Park (sempre), John Legend e... Drops of Jupiter! Um dia explico-vos o porquê de ter sido uma das músicas mais ouvidas do ano.

O álbum que mais me marcou este ano foi o Post Traumatic, do Mike Shinoda, por motivos óbvios. Os que me apaixonaram à primeira foram o Let's Go Sunshine, dos The Kooks, e o Blood Red Roses, do Rod Stewart.




*dados do Last.fm a 27/12/2018

2 Theories So Far

  1. Sem desvalorizar todos os outros artistas, que aconchego bom chegar aqui e ver destaque para Os Quatro e Meia. Sou suspeita, mas eles são incríveis *-*
    Tens aqui uma lista bem versátil, adoro!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma vergonha para mim só ter conhecido a música deles este ano!

      Eliminar

A resposta aos comentários é dada na própria caixa de comentários.

Não serão aprovados comentários de carácter ofensivo (para mim, para quem possa estar mencionado no texto ou para os meus seguidores e comentadores) e/ou que atentem contra a liberdade humana. Assim como não serão aprovados comentários que incentivem o ódio.