MOVIE 36: 2 TEMAS, 5 DOCUMENTÁRIOS

movie36 - documentários
Lembram-se dos tempos em que no canal 2 da RTP a programação ao final da tarde era de desenhos animados até às 20h30, um episódio de uma série até às 21h e depois um documentário? Eu adorava a programação porque via os desenhos animados (saudades da Avó Detective!) durante o jantar, via séries (foi lá que vi Friends, Sabrina, The Teenage Witch ou S Club - digam-me que se lembram do S Club!) e no final ainda ficava à espera para ver o tema do documentário do dia. Não via todos, mas sempre que o tema me interessava ficava a ver. Depois a programação mudou, os meus hábitos mudaram e eu também mudei. Mas continuo a gostar de ver documentários sobre temas que considero curiosos ou sobre os quais sempre quis saber mais.

Os cinco documentários de que vos vou falar hoje focam-se em dois temas: música e desporto. No entanto, têm duas coisas em comum: estavam há séculos à espera de que falasse sobre eles e vi-os todos este ano. Ou vá quatro foram vistos este ano e o penúltimo não sei se foi este ano ou no final do ano passado. Ainda assim, como estavam todos na mesma lista, achei que tinha de parar de ser preguiçosa e trazê-los até cá.
soundbreaking
SOUNDBREAKING: stories from the cutting edge of recorded music
É um mega documentário ou, se preferirem, uma série documental feita pela PBS, com oito episódios, cada um com uma hora de duração, e é o meu preferido do ano e talvez de sempre. Soundbreaking é o documentário ideal para quem gosta de música e gosta de saber mais sobre ela. Fala maioritariamente sobre as mudanças de gravação e produção de música e como essas mudanças tiveram vários impactos ao longo das últimas décadas. Ao todo, há mais de 150 depoimentos de nomes conhecidos do mundo da música e a banda sonora é do caraças. No site do documentário têm um resumo das histórias de que cada episódio fala e ainda as músicas que podem ouvir nesse episódio. Há ainda uma playlist que podem seguir no Spotify.

first team juventus
FIRST TEAM JUVENTUS*
Esta é mais uma série documental, neste caso produzida pela Netflix, sobre a Juventus. A série está dividida em duas partes, cada uma com três episódios de duração entre os 30 e os 50 minutos. Como devem perceber, a série foca-se na época passada da Juventus, que tinha como objectivos: vencer a Liga dos Campeões e voltar a vencer o campeonato italiano. Há entrevistas com alguns jogadores, incluindo com o Buffon, e o acompanhamento desses jogadores fora do trabalho no clube. Não sei se vai haver mais partes porque os seis episódios disponíveis cobrem a época completa, até ao último jogo, mas se gostam de futebol, de futebol italiano e da Juve é uma boa série documental para descobrirem um pouco mais sobre o funcionamento do clube.

how the beatles changed the world
HOW THE BEATLES CHANGED THE WORLD*
É possível que já não se lembrem, mas em Março partilhei a minha watchlist para a Primavera e incluía este documentário. O documentário, como devem perceber, é sobre os The Beatles e o impacto que tiveram (e ainda têm) no mundo, tanto a nível cultural como político. Achei o documentário interessante e os depoimentos e imagens de arquivo acabam por nos conseguir contextualizar eficazmente. Também acho que é um documentário que lembra aos mais esquecidos a importância que aqueles quatro rapazes de Liverpool ainda têm na música.

maria sharapova: the_point
MARIA SHARAPOVA: THE_POINT*
Já vos recomendei um documentário sobre futebol por isso tinha de falar sobre a outra modalidade de que gosto, não é? O the_point acompanha a Sharapova nos 15 meses em que esteve suspensa, mostra aquilo que fez e em que pensou durante esse tempo, incluindo a possibilidade de não jogar mais ténis. Para quem, como eu, gosta da Masha é um documentário interessante. No entanto, à semelhança daquilo que tinha sentido quando li a biografia dela, a postura reservada dela acaba por fazer sentir que falta ali qualquer coisa.

gaga: five foot two
GAGA: FIVE FOOT TWO*
Não sou propriamente fã da Lady Gaga. Gosto de umas músicas, não ligo a outras. No entanto, tenho uma curiosidade fora do normal em ver documentários sobre artistas. Foi por isso que quis ver este Gaga: Five Foot Two. O trabalho de gravação, produção e promoção de Joanne está presente no documentário e dá a conhecer uma versão da Gaga que não é tão vista, principalmente pela fase da vida em que ela esta na altura de gravação do documentário, sem esquecer a doença de que sofre, que lhe dá dores entorpecedoras. Mesmo para mim, que, como disse, não sou propriamente fã, foi interessante.


*disponíveis no catálogo Netflix


Esta publicação serve como #7 do Movie 36 (equivalente a Julho).

Quem também participa no Movie 36
Lyne, Imperium

Francisca, Apenas Francisca
Sónia, By The Library
Inês, Vivus
Vanessa, Make It Flower
Cherry, Life of Cherry
Joana, Jiji
Inês, Wallflower
Abby, Simplicity


5 Theories So Far

  1. E assim se põe três documentários na watchlist - não sou moça de desporto, mas de música, venham eles! Principalmente o dos Beatles e da Gaga. Não era fã dela mas adorei o shift que fez no Joanne e vê-la a amadurecer. Aquele vozeirão merece reconhecimento :)

    Jiji

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que vais gostar do documentário, então, porque a Gaga foca-se muito no significado e no trabalho desse álbum!

      Eliminar
  2. Vou ver o da Lady Gaga despertou-me muito interesse.
    beijinhos :)
    https://www.dailyvlife.com

    ResponderEliminar
  3. Não costumo ver documentários, mas esse da Lady Gaga, parece ser muito bom!

    ResponderEliminar
  4. Já adicionei os dois documentários desportivos e o da Lady Gaga à minha lista. Fiquei mesmo curiosa!

    ResponderEliminar

A resposta aos comentários é dada na própria caixa de comentários.

Não serão aprovados comentários de carácter ofensivo (para mim, para quem possa estar mencionado no texto ou para os meus seguidores e comentadores) e/ou que atentem contra a liberdade humana. Assim como não serão aprovados comentários que incentivem o ódio.