MOVIE 36: DE BLOGGERS E DE LOUCOS TODOS TEMOS UM POUCO

Julie & Julia - Movie36
No domingo, enquanto via a programação da tarde, reparei que iam transmitir Julie & Julia no AXN White e, como nunca tinha visto o filme e estava há séculos na minha lista, decidi ver. Confesso que não sabia grande coisa sobre o filme, mas rapidamente percebi que o tema ia encaixar no Movie 36. De uma forma muito resumida, o Julie & Julia é um filme baseado em duas histórias verídicas: a de Julia Child, no anos 40/50, quando se começou a interessar pela cozinha e a de Julie Powell, em 2002, quando se decide desafiar a fazer todas as receitas do primeiro livro de Julia Child num ano, documentando tudo num blog.

É isso mesmo: num blog. É esse o ponto de contacto. Há uma cena em que tudo parece estar a correr mal a Julie e ela está bem perto de perder a cabeça e eu tenho de dizer que soltei uma gargalhada porque... quem nunca, não é? Se calhar sou só eu, mas juro que já houve vezes, nestes mais de nove anos por estes lados, em que achei mesmo que estava a ficar maluquinha. Ou é o Blogger que não carrega imagens, ou é o Wordpress que não facilita no design, ou é a publicação que fica desconfigurada. E nos comentários? Ui! comentários a perguntar algo que está no texto, pessoas que comentam mais links do que o comentário em si, comentários maldosos, comentários a ofender. Publicações que tinham tudo para correr bem e mal têm leitores e muito menos comentários. Publicações simples que geram mais polémica do que a transferência da Cristina Ferreira para a SIC. Fotografias que iam ser perfeitas para mil e uma publicações, mas que ficaram terríveis.

Já dei por mim a chorar por causa do blog, a rir por causa do blog, a soltar uns quantos palavrões por causa do blog, a querer bater com a cabeça nas paredes por causa do blog. Parece fácil chegar aqui, escrever umas coisas, meter umas imagens e publicar, sem grandes problemas. Mas não é fácil. Às vezes é mesmo de loucos e parece uma loucura fazermos isto dia após dia, sabendo que o retorno muitas vezes é nulo, que podíamos estar a dedicar esse tempo a outras coisas, que talvez não importe a ninguém.

Enquanto ainda anda muita gente a discutir que os blogs vão acabar (não vão), se é o fim de uma era, se o vídeo é mesmo a melhor opção, eu acho que ainda há muita vida para os blogs. Como diz a Catarina, vai acabar a moda de ter um blog e isso é bom. E é óbvio que há agora tanta forma de criar conteúdo que é difícil acompanhar todas mas nunca foi tão fácil ter acesso a várias coisas, de várias formas. Ainda se lembram do vosso primeiro seguidor? Eu não sei quem era, mas fiquei em choque quando vi que alguém me tinha seguido. Porque é que alguém iria querer ler o que eu dizia? E quando atingi 100 visitas pela primeira vez chorei tanto que ninguém diria que tinha acontecido algo bom. São estas pequenas coisas que fazem cada ataque de loucura valer a pena. Ainda vale a pena.


Esta publicação serve como #6 do Movie 36 (equivalente a Junho).

Quem também participa no Movie 36
Lyne, Imperium

Francisca, Apenas Francisca
Sónia, By The Library
Inês, Vivus
Vanessa, Make It Flower
Cherry, Life of Cherry
Joana, Jiji
Inês, Wallflower
Abby, Simplicity


7 Theories So Far

  1. Gosto imenso deste filme, até porque tem uma certeza leveza e humor na forma como aborda temáticas mais sérias, digamos assim. Além disso, claro, há uma identificação automática com a questão do blogue.
    Há pessoas que acham que isto é um mar de rosas, que chega sentar e escrever meia dúzia de coisas e está feito. Mas tem um blogue dá trabalho, exige compromisso. E isso tem tanto de gratificante e de frustrante, sobretudo, quando a configuração sai completamente errada. É preciso ter mesmo amor ao que se faz, caso contrário a estadia será curta.
    No AXN White costumam transmiti-lo com alguma regularidade e acabo sempre por não resistir :D

    ResponderEliminar
  2. " Publicações simples que geram mais polémica do que a transferência da Cristina Ferreira para a SIC." Ri mais do que devia ahahah! Já todos passamos por aí, e caramba, quando vi este filme senti exactamente o mesmo que tu - uma identificação e um carinho solidário por ela. É um daqueles fáceis de ver mas que sabe bem :)

    Jiji

    ResponderEliminar
  3. Primeiro de tudo o filme é super giro, já o vi duas vezes!
    Como eu te compreendo, para quem tem um blogue e que não está cá para ser "influencer", ganhar fama ou produtos grátis, sente as tuas palavras. Eu sinto, cada novo seguidor e visualização novos, cada comentário motivador são gritos de alegria. Eles que deixem de achar o blogue fixe e fora de moda, estaremos cá para dar força à blogosfera.

    ResponderEliminar
  4. Eu vi esse filme por sugestão da Inês, e sinceramente só o vi por falar da blogosfera, estava a lixar-me para a parte da culinária xD. Concordo, houve cenas no filme que eram tão relatable!
    Ser blogger é uma montanha russa de emoções, mas não trocaria este mundo por nada. Esteja ou não na moda. Enquanto der para criar conteúdo aqui, eu cá estarei.
    Beijinhos
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar
  5. Eu gostei muito do filme. Sem dúvida que como blogger também já sofri o mesmo tantas vezes! No entanto, é uma loucura que nos traz felicidade ;)

    ResponderEliminar
  6. Sou tão apaixonada por este filme, que de volta e meia não consigo resistir e volto a vê-lo!

    ResponderEliminar
  7. Vale sempre a pena! Não só pelas nossas conquistas pessoais, mas também pelas pessoas que conhecemos! Julgo que nada consegue substituir isso tão bem! :P
    Nunca vi este filme - e confesso que não tenho grande interesse -, mas acredito que também eu sairia da sessão com mil e uma questões na cabecita, eheh

    Beijinhos,
    LYNE, IMPERIUM

    ResponderEliminar

A resposta aos comentários é dada na própria caixa de comentários.

Não serão aprovados comentários de carácter ofensivo (para mim, para quem possa estar mencionado no texto ou para os meus seguidores e comentadores) e/ou que atentem contra a liberdade humana. Assim como não serão aprovados comentários que incentivem o ódio.