PRETO & BRANCO

dia mundial da fotografia
Há uns dias, a Joaninha partilhou comigo algumas fotografias a preto e branco e lembrou-me do quanto eu adoro fotografia a preto e branco. Quando me apercebi de que hoje, dia 19, é Dia Mundial da Fotografia pensei que seria a ocasião ideal para me apaixonar por algumas fotografias e que melhor forma de o fazer do que com uma selecção de algumas das minhas preferidas... a preto e branco!

Para tentar facilitar a minha escolha, decidi que as fotografias tinham de ser made in DSLR. Era suposto facilitar porque só seria um ano e quatro meses de fotografias, mas foi muito difícil. Não sei se vos acontece, mas eu perco-me a ver fotografias. Quando dou conta estou a passá-las, uma a uma, sem qualquer pressa, como se precisasse de horas para analisar cada uma. Bem, acabei por conseguir. E a primeira fotografia que vêem foi uma das primeiras da minha DSLR. É em Trancoso e tenho um problema com ela: as duas árvores com o topo cortado. Não reparei na altura, o que me irritou quando cheguei a casa. No entanto, adoro a forma como a capela e o chão ficam a preto e branco. É a magia disto. A cores, não dava nada pela fotografia. A preto e branco adoro-a. Mas deixem-me mostrar as minhas escolhas e falar-vos um bocadinho de fotografia, pode ser?
dia mundial da fotografia
dia mundial da fotografia
dia mundial da fotografia
Estas duas primeiras fotografias são do Estoril Open do ano passado. Fotografar desporto é um pequeno desafio. Há muito movimento, convém termos algum conhecimento que nos permita antecipar boas fotografias e, acima de tudo, precisamos de congelar momentos que costumam acontecer em velocidade. Antes de ter uma DSLR, que, para os curiosos, é uma Canon 700D, tive uma bridge e foi um treino excelente para as funções básicas de prioridade do obturador, da abertura da lente e mesmo de fotografar em manual. Quando nos começamos a aventurar em fotografar fora do modo automático apercebemo-nos de que temos um controlo ainda maior e mais interessante sobre a imagem que estamos a criar. Por muito prático que seja fotografar com telemóvel, por exemplo, e por muito que ainda tenha muito a treinar e a aprender sobre fotografia, acho que o à vontade que fui ganhando também me permite gostar cada vez mais dos resultados das minhas fotografias. Principalmente esta ali em cima, do Pablo Carreño Busta.
dia mundial da fotografia
dia mundial da fotografia
dia mundial da fotografia
dia mundial da fotografia
E se a fotografia só por si já tem tanta beleza, acho que a preto e branco ganha uma nova dimensão. Algumas tornam-se mais tristes, nostálgicas. E todas parecem realçar a beleza daquilo que captamos. Foi isso que a conversa com a Joana me lembrou. De como a preto e branco as fotografias ganham uma beleza ímpar e nos fazem sentir coisas diferentes. Acho que todos os anos, no Dia Mundial da Fotografia, fico a pensar em como uma imagem pode mesmo valer por umas quantas palavras. E em como um simples movimento como carregar no obturador consegue captar muito mais do que uma imagem: capta sentimentos. Não acham incrível?
dia mundial da fotografia
dia mundial da fotografia
dia mundial da fotografia
dia mundial da fotografia

Quando saio de casa com a câmara acabo por fotografar demasiado, por parar dezenas de vezes num percurso curto, por querer congelar cada coisa que vejo, cada momento que vivo. A fotografia digital e a partilha instantânea das imagens que captamos às vezes faz-nos esquecer da magia que acontece quando posicionamos a câmara, focamos a lente e carregamos no obturador. Um dia, se puder ter a minha casa, quero encher as paredes de fotografias tiradas por mim. A preto e branco. A beleza falará por si.


5 Theories So Far

  1. Adoro fotografar, adoro fotografias e adoro fotografias a preto e branco! Acho que acabam por focar a nossa atenção nos detalhes, que poderiam passar despercebidos numa explosão de cor *-*

    ResponderEliminar
  2. Que fotografias espectaculares. Adoro foto a preto e branco, dá um ar mais nostálgico e vintage à paisagem.
    Beijinhos

    A Pipoca Mafalda
    apipocamafalda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. Foi tão isto que falámos! As paisagens ganham outra dimensão e os momentos outra magnitude. Fotos que poderiam ser quase banais passam a ser obras de arte. É tão bonito parar, pensar a foto e disparar. É mais desflafiante, porque a foto que imaginámos pode escapar-nos em menos de nada. Mas é tudo tão bonito. Agora, antes de descartar qualquer foto, verifico sempre se a preto e branco ela ficaria bem! Obrigada pelas nossas conversas ehehhehe
    Beijinhoooooos!

    P.s.- a foto da guitarra e do hotel dos aliados tiraram-me o ar.

    ResponderEliminar
  4. Acho o mundo da fotografia incrível, adoro fotografar tudo e mais alguma coisa e também gosto que me fotografem. Capturar os momentos, as paisagens, as minhas pessoas. O processo de edição também é algo que me apaixona e, embora, aprecie mais as fotos a cor, gosto muito de fotos a preto e branco. Aliás, acho que algumas só ganham beleza e foco se forem a preto e branco.
    Ai e estas fotos, estão só incríveis, adoro!

    ResponderEliminar
  5. Fotografias a preto e branco são uma autêntica perdição! Captar retratos nesse registo é o que mais gosto de fazer! Para mim, as paisagens só funcionam se tiverem cor, porém, há umas quantas que casam na perfeição com a ausência de cores!
    As tuas fotografias estão lindas, Sofia! ✨

    LYNE, IMPERIUM

    ResponderEliminar

A resposta aos comentários é dada na própria caixa de comentários.

Não serão aprovados comentários de carácter ofensivo (para mim, para quem possa estar mencionado no texto ou para os meus seguidores e comentadores) e/ou que atentem contra a liberdade humana. Assim como não serão aprovados comentários que incentivem o ódio.