JUNHO '18 EM LIVROS

*esta publicação inclui links de afiliados*
junho em livros
Estou a escrever esta publicação em completa negação. Porque é impossível que já tenha passado metade de 2018, é impossível. Só vejo uma coisa boa em já ser Julho, mas falo-vos dela depois de acontecer. Entretanto, e como já vem sendo hábito, início de mês significa falar do que li no mês anterior. Junho não foi um mês de muitas leituras, mas cumpri os meus objectivos de terminar a saga The Hunger Games e os dois livros que tinha começado antes: Inferno e Sputnik, Meu Amor. E ainda consegui ler outros dois.
the hunger games - suzanne collins
TRILOGIA THE HUNGER GAMES, de Suzanne Collins
Apesar de ter terminado o primeiro livro ainda em Maio, o segundo e terceiro volumes ficaram para Junho e foi uma boa leitura, que já queria ter feito há algum tempo. Gostei muito do Peeta, consegui estudar um bocadinho o world building e um tipo de distopia diferente e percebi finalmente todo o êxito da saga. Falei-vos da trilogia e comparei aos filmes nesta publicação, por isso passem lá para saber tudo o que achei da história.

Book Depository: Livro 1 | Livro 2 | Livro 3 | Box Set
writing irresistible kidlit - mary kole
WRITING IRRESISTIBLE KIDLIT, de Mary Kole
Já sabem que tento ler um livro de não ficção por mês, mais coisa menos coisa, e este veio de Maio, mas terminei-o apenas em Junho. É um livro sobre escrita de livros para crianças e jovens e foi uma leitura muito interessante, cheia de dicas interessantes. Enquanto o lia acabei por aproveitar algumas das dicas na revisão do meu livro, por isso acho que o propósito do livro foi completamente alcançado. Se estiverem interessados em escrever para estes públicos, é um bom livro, com muitos exemplos de livros e personagens para estudarem.

Book Depository: Livro
inferno - dante
INFERNO, de Dante
É um bocadinho difícil avaliar este livro. Li-o muito devagar, ao longo de dois meses, e percebi que é um estilo literário que nada tem a ver comigo. No entanto é um livro bom e descritivo. Como é um livro com muitos significados e com muitas referências teológicas, não foi um livro fácil de ler. Senti-me um bocadinho como me sentia a ler Os Lusíadas, em que tudo representava outra coisa e eu só conseguia compreender completamente se tivesse a explicação ao lado.

Wook (versão A Divina Comédia): Livro
Book Depository: Livro | The Divine Comedy
sputnik, meu amor - haruki murakami
SPUTNIK, MEU AMOR, de Haruki Murakami
Depois de uma experiência boa com Murakami, na trilogia 1Q84, decidi arriscar em mais livros dele e escolhi o Sputnik, meu amor. É a história da Sumire, contada pelo K. A Sumire conheceu Miu, uma mulher mais velha, num casamento e apaixonou-se por ela. Miu convence-a a ir trabalhar com ela e, numa viagem, Sumire desaparece sem qualquer pista. Até começa de uma forma interessante, mas comecei a perder o interesse ao fim de algumas páginas e acabei por não gostar tanto como tinha gostado dos outros livros. O surrealismo mágico do Murakami nesta história não me cativou tanto e custou-me um bocadinho a terminar.

Book Depository: Livro
silver linings playbook - matthew quick
THE SILVER LININGS PLAYBOOK, de Matthew Quick
Já tinha visto o filme há uns anos, mas decidi ler o livro na mesma (e voltar a ver o filme). A história é contada pelo Pat, que acabou de sair de uma instituição psiquiátrica, na qual passou algum tempo (inicialmente ele pensa que foram apenas uns meses). O Pat está desejoso de se reencontrar com a mulher, Nicky, mas rapidamente percebe que o reencontro não vai ser tão simples quanto ele imaginava. Para complicar tudo, Pat conhece Tiffany, que, depois de ficar viúva, tem muito que lidar e se oferece para ajudar Pat a contactar Nicky. Nem vou falar das mudanças todas que houve no filme, mas o livro é interessante e o facto de falar sobre saúde mental foi o grande ponto de interesse para o ler. É um bom livro, com uma história interessante e que surpreende pela construção do Pat enquanto personagem.

Wook: Livro
Book Depository: Capa do filme | Capa original
love, simon - becky albertalli
SIMON VS. THE HOMO SAPIENS AGENDA, de Becky Albertalli
Aiiiiiiiiiiii, este livro é tão fofo! A sério! Gostei tanto dele! Tanto que já escrevi sobre ele aqui e até lhe dediquei um vídeo na IGTV, que podem ver aqui. O Simon vs. The Homo Sapiens Agenda é uma história bonita, com representatividade LGBT+, com um narrador maravilhoso, com muito sentido de humor. Foi o meu livro preferido do mês e é tão bonito, a sério! Leiam!

Wook: Livro
Book Depository: Capa do filme | Capa original

Já agora, um esclarecimento: há uns tempos enviaram-me uma mensagem a perguntar o que é que eu ganhava com os links de afiliados, principalmente quando agora parece que *toda* a gente os usa. Ora, quando vocês compram um livro através de um dos links que eu deixo eu ganho uma comissão mínima, de 5% sobre o valor do livro (cêntimos!). Essa comissão não muda em nada a vossa compra, nem aquilo que gastam, e só pode ser usada por mim no site afiliado, ou seja, só serve mesmo para eu poder comprar livros. Eu sei que muita gente tem usado este tipo de links e dizem quase sempre o mesmo. Se comprarem pelo meu link eu e a minha biblioteca agradecemos muito, mesmo que sejam necessárias algumas compras para que as comissões valham a pena. Posto isto, nesta publicação utilizei links da Wook e da BookDepository e quando usar vou fazê-lo sempre da mesma forma: os da Wook são em português e os da Book Depository em inglês, a não que surjam excepções. Usem-nos se quiserem, partilhem-nos com amigos que saibam que querem comprar os livros que mencionei, ou ignorem-nos. Ficamos amigos na mesma, não se preocupem!


6 Theories So Far

  1. Parece impossível já estarmos em julho :o
    Quero muito ler "Sputnki, meu amor" e "Simon vs The Homo Sapiens Agenda". Também fiquei curiosa com "Writing Irresistible Kidlit" e "The Silver Linings Playbook"

    ResponderEliminar
  2. Já conhecia todos e adorei, mas de todos o meu favorito sem dúvida que foi o "Love, Simon"

    ResponderEliminar
  3. Eu também escrevi o meu resumo de junho em completa negação. 2018 está a passar ainda mais rápido que 2017 (que, para mim, já passou muito rápido).
    Ai Sofia, só lês a triologia " The Hunger Games" agora. Se tivesses à minha beira,batia-te xD.
    Fiquei muito curiosa com o "Writing Irrestible Kidlit.
    Beijinhos
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar
  4. Aii não me dias isso.. comprei o livro do Murakami e espero que não me desiluda!

    ResponderEliminar
  5. Só conhecia o Love, Simon. Quero muito ver o filme em breve. beijinho

    Dezoito

    ResponderEliminar
  6. Ainda não li nenhum :/ Infelizmente, as minhas leituras andam pelas ruas da amargura.

    ResponderEliminar

A resposta aos comentários é dada na própria caixa de comentários.

Não serão aprovados comentários de carácter ofensivo (para mim, para quem possa estar mencionado no texto ou para os meus seguidores e comentadores) e/ou que atentem contra a liberdade humana. Assim como não serão aprovados comentários que incentivem o ódio.