CONTEÚDO RELEVANTE E AGENDADO? SIM, POR FAVOR!

alvalade - lisboa
Ui, temas polémicos logo no título? Afinal, a noção de "relevante" pode variar de acordo com cada pessoa e publicações agendadas é algo que levanta sempre imensas discussões. Mas tenho pensado muito sobre isto e queria debater o assunto aqui, até porque de certeza têm opiniões a partilhar. Antes, no entanto, deixem-me contar-vos um bocadinho da minha história na blogosfera.

Nos tempos idos de 2009 criei um blog. E durante muitos anos o meu blog funcionava assim: se queria publicar então publicava. Fosse uma publicação ou cinco no mesmo dia. Não pensava em horários, em partilhar os posts nas redes sociais, no tipo de conteúdo que apresentava, nada. Eram tempos em que os blogs não eram como são hoje e eu até achava que um fundozinho com uma bola de espelhos (acusem-se caso se lembrem do Confissões da Pista de Dança/Bailarina Fora de Horas) ficava giro. Mas os tempos e alguns blogs mudaram e ainda bem.

Lembrem-se de que, para tudo o que vou falar a seguir, há excepções e eu vou falar da minha no final.

Hoje em dia preocupo-me com o conteúdo que publico. Não publicaria vídeos de música sem mais nada, hoje em dia. E também só há um dia no ano em que publico duas vezes: no meu aniversário, quando a tradição manda que eu partilhe um gif da Lily à meia-noite. Prefiro publicar uma vez por dia e publicar algo como deve ser a publicar mais do que uma vez e serem coisas vazias de conteúdo. E também sou assim no que toca a ler. Claro que gosto de ter coisas novas para ler, mas, sinceramente, se publicam mais do que uma vez por dia em várias ocasiões duvido de que consigam publicar sempre com qualidade. E se forem posts tão curtos que consigo ler sem sair da lista de leitura do Blogger então acreditem que não os abro.

Tenho-me esforçado muito para publicar coisas com conteúdo, coisas que, espremidas, têm algum sumo. Às vezes digo que quero publicar diariamente, mas já não me obrigo a fazê-lo porque tenho noção de que se nota quando nos esforçamos demasiado e publicamos porque "temos" de publicar. Prefiro pensar no que escrevo, partilhar coisas que podem ser úteis a alguém ou que ajudem a tornar o blog um espaço mais aprazível e agradável, um espaço onde queiram vir e passar um bocadinho comigo.

Como é óbvio, agendo publicações muitas vezes e faço-o há muitos anos. Para mim não é um problema nem é algo de especial. Como já disse, prefiro publicar apenas uma vez por dia. E se assim é e estou a escrever algo e já tenho publicações para os dias que se seguem qual é o mal de agendar? Às vezes agendo com vários dias de antecedência, às vezes escrevo na noite anterior e sai às 9 da manhã. Qual é o problema disso? Achavam que eu acordava às 7 da manhã para escrever, editar fotos e organizar um post e o publicava assim que terminava? Gosto demasiado de dormir!

Cada um usa as ferramentas que quer e, de preferência, estuda-as para saber a melhor forma de as usar. Eu agendo publicações quando faz sentido para mim e não me incomoda nem me surpreende um bocadinho que seja que outros o façam. Mas incomoda-me quando publicam só porque sim, só porque "têm" de publicar todos os dias ou só porque já não publicam há dois dias. Relaxem! Se o vosso blog for bom não é um dia ou dois de intervalo que vos prejudica.

Eu prefiro não publicar durante dois ou três dias e saber que publico algo bom a publicar todos os dias e publicar coisas ridículas, sem interesse ou que têm tanta palha que parecem vindas do meu exame de Semiologia. Já defendi uma vez, em Janeiro de 2016, que o tamanho dos posts não importa. Continuo a achar que não é o mais importante, mas o modelo de posts de uma frase cansa quando é usado até à exaustão. Uma frase pode dizer tudo, mas não quando é o método usado todas as semanas, quando serve para dizerem coisas irrelevantes. Sinceramente, se estão sempre a partilhar informações curtas sobre o mesmo tema já pensaram fazer uma publicação maior com todas essas informações?

Esta constante mudança em que vivemos é boa e quando melhora os blogs que lemos é ainda melhor. Não tenham medo de em vez de publicarem 40 posts num mês publicarem apenas 20. Se forem mais bem escritos, tiverem melhor conteúdo e forem relevantes é tão melhor.

A minha excepção? O Quadripolaridades! Sinto que a Pólo Norte pode publicar o que quiser, com uma linha ou com 100 que eu vou querer ler de qualquer. Mas a Pólo Norte não anda cá a publicar por obrigação. Ninguém devia andar.


10 Theories So Far

  1. Muito bem dito! E também sou do tempo dos blogs "de 2009" :)

    ResponderEliminar
  2. Adorei o que escreveste e é mesmo isso. Também não publico todos os dias, porque não há tempo, porque não há inspiração ou simplesmente porque não há vontade. Mas, quando publico é porque foi algo pensado e preparado. Não foi apenas feito porque tinha que publicar todos os dias e pumba, está feito. E respeito isso. O que importa não é a quantidade, mas sim a qualidade :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exactamente isso! A qualidade é mais importante do que a quantidade! :D

      Eliminar
  3. Concordo com algumas coisas que disseste! Também não vejo qualquer mal em agendar publicações, nem entendo a polémica para ser sincera!
    Quando ao conteúdo percebo perfeitamente o que queres dizer, gostava de conseguir dizer o mesmo. O meu blog como ainda é muito recente, acabo por explorar vários temas e tipos de publicações para entender o que é que eu gosto mais de escrever! :)
    Beijinho!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na verdade, isso é o que todos acabamos por fazer: testamos várias coisas para percebermos aquilo de que gostamos e aquilo que resulta melhor. É a melhor forma de melhorar e de nos desafiarmos também!

      Eliminar
  4. Escrevo sempre sobre aquilo que gosto, independentemente de agendar a publicação, ou não. Até porque, há dias em que me sinto mais inspirada e escrevo, escrevo, escrevo, e outros dias em que me sento em frente ao computador e não sai nada! Mas não devo ser a única a sentir isto :)
    Mais, este é o meu terceiro blogue. O primeiro nasceu em 2005 e o segundo em 2008 e nunca publiquei por obrigação. Escrever num blogue por obrigação não faz o menor sentido!

    Beijinho
    Carla

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que isso é muito importante, escrevermos sobre aquilo de que gostamos! Faz toda a diferença!

      Eliminar
  5. Já percebi que comigo funciona das duas formas. Gosto de ter artigos agendados e gosto dos espontâneos. Os espontâneos são os que o pessoal mais gosta, não percebo porquê. Ninguém é obrigado a publicar, cada um deve fazer o que lhe der na cabeça.
    Gosto mt destes teus posts verdadeiros e sem papas na língua xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E eu a pensar que todos os meus posts eram verdadeiros! ahahahaha

      Eliminar

A resposta aos comentários é dada na própria caixa de comentários.

Não serão aprovados comentários de carácter ofensivo (para mim, para quem possa estar mencionado no texto ou para os meus seguidores e comentadores) e/ou que atentem contra a liberdade humana. Assim como não serão aprovados comentários que incentivem o ódio.