EM 2018 VAMOS...

em 2018 vamos
Em 2018 vamos pensar antes de falar. Vamos ignorar mais as polémicas das redes sociais. Vamos ler ainda mais. Vamos parar de dar pontapés na gramática, porque ela não tem culpa nenhuma da nossa ignorância. Vamos conjugar melhor os verbos. E os horários. E as vidas. Em 2018 vamos viajar, nem que seja só até à cidade ao lado. Vamos poupar mais. Vamos fotografar ainda mais, mesmo que nem 10% dessas fotografias vejam a luz do Instagram. Em 2018 vamos fazer uma limpeza às nossas redes sociais. Vamos deixar de seguir quem não nos interessa. Vamos parar de ouvir algo, ler algo ou ver algo só porque os outros ouvem, lêem, vêem. Vamos lidar melhor com correcções. Vamos ser humildes. Vamos continuar a tentar perceber quando somos hipócritas, que não somos donos do mundo, que as nossas opiniões podem ser dadas sem parecer que nos estamos a armar, que agimos de determinada forma só para nos sentirmos superiores. Vamos chorar de saudades. Vamos sorrir de saudades. Vamos querer adoptar todos os cachorrinhos do mundo; talvez adoptemos um. Vamos guardar cada moedinha que sobre ao fim do mês. Vamos esperar chegar ao fim do mês com uma moedinha. Vamos continuar a aprender a aceitar críticas. Vamos abrir horizontes e perceber que não podemos viver num mundo tão limitado. Vamos criar novos objectivos.

Em 2018 não vamos fingir que nos importamos. Não vamos atacar pessoas só porque nos apetece. Não vamos perder a noção. Vamos continuar a não trabalhar sem receber. Não vamos celebrar nada e vamos celebrar tudo. Não vamos comparar a nossa vida à dos outros. Não vamos ficar tristes quando não podermos ir a um concerto ou ao cinema ou comprar algo só porque não temos dinheiro para tal. Vamos manter o foco no nosso plano de poupança. Não vamos acumular mais livros por ler, filmes por ver, noites por dormir. Não vamos esquecer os objectivos. Não vamos iludir-nos com promessas. Não vamos fazer promessas. Não vamos ter medo de aprender, de admitir quando erramos, de pedir desculpa e realmente senti-lo. Não vamos ter a mania de que somos donos do mundo. Não vamos arranjar desculpas. Não vamos tomar coisas como garantidas. Nem pessoas. Não vamos ficar parados. Não vamos parar de procurar algo melhor. Não vamos explicar que estar sem emprego não é estar sem trabalho. Não vamos ter medo de mudar e de evoluir. Não vamos esperar por 2019 para ser felizes. Não vamos esperar por 2019 para cumprir objectivos.





6 Theories So Far

  1. És uma linda, sabes!? Obrigado, obrigado!
    Sei que, mesmo em silêncio, vais acompanhando. Foi um gosto ter-te conhecido, ainda que não tenha sido no presente ano. E espero, genuinamente, que muitas portas se abram, para ti, neste novo ano! <3

    Isto é uma ótima reflexão. Há muita coisa que preciso mudar e que referiste aqui. Nomeadamente ter mais tempo para mim, parar de me preocupar em demasia com o que quer que seja, ler mais e ver filmes também. :p
    Feliz 2018!

    NEW TIPS POST | NEW YEAR’S EVE FULL MAKE (SALES TIME).
    InstagramFacebook Official PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  2. Que texto bonito! Que em 2018 não tenhamos mesmo que esperar por 2019 para sermos felizes e para cumprir objetivos. Um feliz ano para ti (:

    ResponderEliminar
  3. Não vamos esperar por 2019. Vamos desintoxicar e viver. Vamos fazer tudo o que disseste e abraçar mais, arriscar mais quando vemos ser possível, vamos dar uso à nossa idade e à agilidade que lhe está associada. Vamos estudar e vamos passear. Vamos brindar e vamos sorrir. Obrigada por isto. Foi mesmo inspirador ler tal discurso 🙈

    ResponderEliminar
  4. Identifico-me imenso com este texto! Não vou colocar objetivos para 2018, porque são para colocá-los em prática já! Beijinhos e Feliz Ano Novo
    Por onde anda a Sofia?

    ResponderEliminar
  5. Só consigo dizer isto: YOU GO, GIRL! 🎉

    ResponderEliminar
  6. Vamos no presente sem pensar no futuro. Vamos Sofia :) Bom ano garota, adorei conhecer.te e sei que algo de bom está guardado para ti. Força Sofia

    ResponderEliminar

A resposta aos comentários é dada na própria caixa de comentários.

Não serão aprovados comentários de carácter ofensivo (para mim, para quem possa estar mencionado no texto ou para os meus seguidores e comentadores) e/ou que atentem contra a liberdade humana. Assim como não serão aprovados comentários que incentivem o ódio.