BECOMING [MICHELLE OBAMA]

*esta publicação inclui links de afiliados*
becoming - michelle obama
Foram uns longos meses de espera por este livro. Primeiro tive de esperar que fosse publicado. Depois tive de esperar para o poder comprar. Muita espera, mas valeu a pena. Becoming é o livro de memórias da ex-primeira-dama dos Estados Unidos, Michelle Obama, e sinto que eu esperava por este livro desde que Barack Obama foi eleito presidente dos Estados Unidos. O primeiro afro-americano presidente naquele país.

Lembro-me tão bem das notícias se encherem de reportagens sobre o Obama, sobre as raízes dele, sobre o trabalho que ele tinha pela frente, sobre as promessas, sobre tudo e mais alguma coisa. Sempre fui um bocadinho fascinada com os Estados Unidos e sempre senti que, de certa forma, o que acontecia lá influenciava toda a gente. Por isso, quando Barack Obama foi eleito pela primeira vez, senti um bocadinho da esperança que parecia sentir-se lá. Ao seu lado parecia estar também uma mulher forte, interessante: a Michelle.



DIÁRIO DE ESCRITA #8: MESES DEPOIS

diário de escrita - meses depois de terminar um livro
Terminas o livro que estás a escrever. Choras horrores. Fazes uma merecida e necessária pausa de umas semanas. Regressas para a primeira edição. Guardas a primeira versão e adicionas uma segunda versão, para alterares a ordem de alguns acontecimentos e corrigires algumas coisas. Terminas com satisfação, sabendo que é o teu melhor trabalho. Começas a enviar propostas a várias editoras. Ou não recebes resposta ou não recebes resposta positiva. Stressas. Temes algum equívoco em relação à qualidade do que escreveste. Temes nunca publicar. Ponderas escrever uma continuação. Começas essa continuação. O teu computador avaria e a continuação ficava parada. Regressas. Ponderas se vale a pena escrever a continuação. Tudo o que leste, viste e ponderaste desde que terminaste a primeira versão, há mais de nove meses, enche-te de questões. Começas a ponderar mudanças que tornarão a histórias mais rica, interessante e poderosa. Também ponderas se essa vontade de mais mudanças se prende com o facto de ainda não saberes como ou se vais publicar. Sabes o tipo de publicação que não queres. Sabes que esta história merece tudo. Sabes que consegues melhor. E se consegues melhor por que raio não fazes melhor? Só não deixes que Vinte e Um seja a tua Sagrada Família. Até porque há muitas histórias que ainda tens para contar.



E, assim, meses depois, vem mais um diário de escrita. Ninguém disse que era fácil. Ninguém disse que seria tão difícil.


TBC: HOPELESS [COLLEEN HOOVER]

*esta publicação inclui links de afiliados*
hopeless - colleen hoover
Até ao fim-de-semana, eu não sabia qual ia ser o meu livro do mês para o The Bibliophile Club. Para quem lê tantos romances, a minha vontade de ler algo para o tema de Fevereiro andava muito baixa. Entretanto terminei o livro da Michelle Obama e decidi que ia pegar no Hopeless, da Colleen Hoover, que tinha começado no início de Janeiro e abandonado porque estava a custar entrar na história.

Eis o que aconteceu: estava parada na página 84 há um mês. No sábado li uns capítulos. Fiquei na página 114. Tudo o resto li no domingo. Em parte porque queria perceber o que raio se estava a passar, mas também porque a minha teimosia me dizia que ou acabava o livro no fim-de-semana ou acabava o livro no fim-de-semana.



CONSTRUIR UM CONTO #2 - AS IDEIAS

construir um conto
Depois de vos ter falado das decisões a tomar antes de começar a escrever um conto, hoje começamos a avançar no nosso conto e falamos de ideias, brainstorming e primeiras frases. Para poder dar exemplos práticos, vou usar como referência o conto de Fevereiro, que publiquei há uns dias. Se ainda não leram, podem ler aqui antes de avançarem nesta publicação.



ESTOU HÁ UMA SEMANA A CANTAR QUEEN

Review: Bohemian Rhapsody
Vi o Bohemian Rhapsody há uma semana e, com isso, apaixonei-me pelo Rami Malek, decidi que quero ver o filme outra vez e ainda não parei de ouvir e de cantar Queen. E é isto. Mas não isto.