MARÇO '18 EM LIVROS

*esta publicação inclui links de afiliados*
março em livros
A March Madness é real... e também funciona com livros! O meu mês de Março foi cheio de livros, mas a maioria foi, na verdade, composta por young adults leves e rápidos de ler. O objectivo era apenas o de terminar (finalmente) o Depois do Fim e também o Breve História de Quase Tudo, algo que cumpri. Além disso, auto-desafiei-me a ler a bibliografia completa da Rainbow Rowell. Porquê? Ninguém sabe dizer. Num minuto estava a pensar em reler o Eleanor & Park e no outro estava a colocar os ebooks no Kindle e a comprar o que me faltava por 3€ (sim, leram bem, três euros!). Decidi lê-los por ordem de publicação, por isso comecei pelo Attachments e, posteriormente, reli outros dois. Sobre os outros, os que faltam, falamos no final da publicação! Também terminei, ontem à noite, o Call me by your name, mas ainda não sei o que dizer sobre ele no momento em que estou a escrever por isso falamos dele depois. Agora vamos lá ao que li este mês (aviso já que li muito!).
attachments - rainbow rowell
ATTACHMENTS, de Rainbow Rowell
Começo a acreditar que a Rainbow Rowell só escreve histórias fofas. Neste romance, temos três personagens centrais: o Lincoln, a Beth e a Jennifer. O Lincoln trabalha à noite num jornal, como supervisor de segurança na internet. O que ele não sabia é que esse trabalho iria incluir ler os e-mails dos funcionários do jornal que eram filtrados pelo servidor. Beth e Jennifer, apesar de saberem que os seus e-mails estão a ser monitorizados, continuam a conversar naturalmente por esse meio, sem que Lincoln tenha coragem de lhes enviar um aviso porque ler os e-mails delas o faz sentir próximo de Beth e apaixonado pela personalidade que vê naquelas mensagens.

É uma história fofa, que me fez lembrar um dos episódios de How I Met Your Mother sobre a teoria Dobler/Dahmer, ou seja, a linha ténue entre o fofo e o perturbador. Neste caso é fofo, claro. Foi o primeiro livro da Rowell com personagens adultas que li  e gostei muito do humor que ela empregou à história e aos diálogos. Acho que quero ser a Rainbow Rowell quando for grande.

Comprar: AQUI
depois do fim - paulo moura
DEPOIS DO FIM, de Paulo Moura
Demorei praticamente um mês e meio a terminá-lo. É um livro pesado, tanto pelo tamanho como pelo conteúdo, e custou-me ler, até que decidi que não ia ler outra coisa enquanto não o terminasse. Com um relato de guerras desde 1991, lembro-me de alguns dos confrontos, claro, noutros ainda não tinha nascido. Aquele que mexeu mais comigo e foi o conflito no Darfur, mas não foi só aí que li relatos que me deixaram um nó na garganta e que me faziam não conseguir ler mais do que meia dúzia de páginas antes de precisar de parar e tentar assimilar este mundo estranho e complicado em que vivemos, principalmente com tudo o que se passa na Síria.

Comprar: AQUI
eleanor & park - rainbow rowell
ELEANOR & PARK, de Rainbow Rowell
Eu já o tinha lido e até vos falei sobre ele nos primórdios do blog, aqui, mas achei que não fazia sentido dedicar-me à bibliografia da Rowell se não fosse para ler tudo de seguida, admirar a evolução da escrita dela e isso tudo. Assim, dediquei à história da Eleanor e do Park. O livro é contado pelos dois, alternadamente, e é uma história querida, que começa como uma paixoneta de escola, mas rapidamente compreendemos que há muito mais na vida de ambos, desde o padrasto abusador da Eleanor ao pai exigente do Park. E o final... sabem, o final é aquilo que tinha mesmo de ser e é maravilhoso!

Comprar: Livro | Ebook | Livro de bolso
boa noite - pam gonçalves
BOA NOITE, de Pam Gonçalves
Porquê reler o Boa Noite tão pouco tempo depois de o ter lido? Primeiro, porque o sugeri ao Jota; depois, porque precisava de ler livros do mesmo género do que estou a escrever enquanto fazia uma pausa na escrita, tal como vos contei no último diário de escrita. Antigamente, optava por livros diferentes, agora não me faz diferença, por isso este pareceu-me uma boa opção. Já vos falei dele aqui, por isso não me vou alongar muito sobre a história. Digo-vos apenas que a mensagem do livro é importante e que vale a pena procurarem o livro (em Portugal ainda não existe; eu comprei ebook).
p.s.: ficas comigo? - diogo simões
P.S.: FICAS COMIGO?, de Diogo Simões
Sabem quando estão a meio de uma história e há um plot twist que vos deixa literalmente de boca aberta, sem conseguir reagir durante uns minutos e que vos deixa a murmurar expressões muito elaboradas como: mas que, como é que, mas isto, etc.? Pois, aconteceu-me com o plot twist do livro do Diogo! O P.S.: Ficas comigo? é contado em forma de diário e com dois narradores alternados: a Sofia (nome muito giro, diga-se de passagem!) e o Pedro, que se conhecem numa saída nocturna, na cidade de Leiria. O Pedro fica apaixonado pela Sofia e a Sofia... bem, fica apaixonada pelo melhor amigo do Pedro. A história é curta e lê-se muito bem. A grande vantagem? Podem lê-la quando quiserem, porque está no Wattpad. Foi o primeiro livro que li na plataforma (comecei alguns há uns anos, mas desisti) e também o primeiro livro do Diogo que li.

Para ler: Wattpad
breve história de quase tudo - bill bryson
BREVE HISTÓRIA DE QUASE TUDO, de Bill Bryson
O título não deixa margem para enganos: é mesmo uma breve história de quase tudo, desde o planeta ao ser humano, com passagem por várias espécies, células ou micro-organismos. Um bocadinho de Física, de Química, de Biologia, Geologia e todo um conjunto de ciências dos quais fugi no Secundário porque preferia (e continuo a preferir) as Humanas às Exactas. Ainda assim, este livro é de uma leitura agradável e de fácil compreensão quer tenhamos estudado estas ciências quer não. E, principalmente, é um bom resumo de "quase tudo", que nos permite conhecer um bocadinho melhor quase tudo. Se gostavam de saber um bocadinho mais sobre quem somos e sobre o planeta em que vivemos, é o livro ideal, que vos ensina algumas coisas e, tiverem um sonho parecido ao meu, vos deixa com ainda mais vontade de ir a Yellowstone!

primeiro as senhoras - mário zambujal
PRIMEIRO AS SENHORAS, de Mário Zambujal
Há poucos escritores portugueses (nenhum?) que consiga escrever como Zambujal e que tenha este sentido de humor e esta criatividade para dar nomes a personagens. Neste livro temos uma personagem que foi raptada e ficamos a saber a história desse rapto através dos depoimentos que vai dando à polícia. E que depoimentos! Esta é uma das histórias ideais para dar como exemplo nas aulas de escrita em que o objectivo é escrever pelo ponto de vista de um narrador em quem não podemos confiar. É um livro engraçado, bem humorado e muito agradável de ler.

Comprar: Livro | Livro de bolso
fangirl - rainbow rowell
FANGIRL, de Rainbow Rowell
Ainda bem que reli este livro! Da primeira vez que o li (podem ver a minha opinião dessa altura aqui), fui apanhada de surpresa pela organização do livro: alterna a história ficcional do Simon Snow (inspirado no Harry Potter, com o poder de homenagear o Jon Snow ao mesmo tempo) e a história da Cath, que escreve fanfiction do Snow. Nessa altura, a história do Snow foi a parte mais chata do livro. Desta vez, como já sabia ao que ia, já me dei melhor com essa parte da história. 

Comprar: Livro | Ebook | Inglês
uma história de verão - Pam Gonçalves
UMA HISTÓRIA DE VERÃO, de Pam Gonçalves
Mais uma releitura! Mais uma vez, falei-vos do livro aqui pelo que não vale a pena me alongar muito. Sinceramente, reli-o porque gosto tanto da história que queria vivê-la novamente e, claro, com a banda sonora do livro sabe ainda melhor ler! Também foi um livro bom para desbloquear um bocadinho e ter ideias novas, por isso só me fez bem passar duas horinhas a lê-lo.



Para Abril: quero terminar a bibliografia da Rainbow Rowell e os livros que ficaram por ler no Seven Days of Spring.



2 Theories So Far

  1. Dos livros que referiste só li dois, " Eleanor&Park" e " Fangirl". Só li esses dois livros da autora mas, concordo, eu acho que ela só escreve histórias fofas, mas não me queixo, de vez em quando gosto de ler coisas leves :).
    Beijinhos
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar
  2. Xiças penico! Eu fico deprimida a vir aqui ver estas coisas :D (estou a brincar! muito pelo contrário, até fico contente por ver tantos livros - já tenho uns quantos em lista de espera depois dos ver pelo teu blog).
    O único que li foi a breve história de quase tudo. E gostei muito!
    Vou ficar a aguardar pelo call me by your name. Ainda não li o livro, vi só o filme, mas quero muitoo saber o que achaste do livro :)
    ***

    ResponderEliminar

A resposta aos comentários é dada na própria caixa de comentários.

Não serão aprovados comentários de carácter ofensivo (para mim, para quem possa estar mencionado no texto ou para os meus seguidores e comentadores) e/ou que atentem contra a liberdade humana. Assim como não serão aprovados comentários que incentivem o ódio.