#7DOS: LIVROS QUE LEMBRAM A PRIMAVERA

*esta publicação inclui links de afiliados*
livros que lembram Primavera
Pensei, muito honestamente, que esta publicação ia ser mais fácil. Depois concluí que, talvez, com um bocadinho de sorte, conseguia apresentar-vos um conjunto de livros que têm tudo (ou qualquer coisa) a ver com a Primavera. Mas não ia ser fácil. E não foi. Decidi escolher cinco livros diferentes, um português, dois em inglês e dois que vão ter, em breve, uma versão cinematográfica.
livros que lembram Primavera
DIZ-LHE QUE NÃO, da Helena Magalhães
Começamos pelo livro-sensação do ano passado, o livro da Helena! É um livro de crónicas sobre relações e homens, o que me parece uma leitura bastante leve e bem disposta para a Primavera. Li-o no ano passado, curiosamente na Primavera, e até escrevi sobre ele por isso podem espreitar a minha opinião aqui.
Comprar: WOOK

THE PERKS OF BEING A WALLFLOWER, de Stephen Chbosky
Já o li há algum tempo e, embora adore o filme de coração, o livro é uma experiência diferente. A construção do Charlie enquanto narrador e personagem é única e muito boa e o livro, sinceramente, devia ser obrigatório para todos os adolescentes e não só, porque nos faz realmente pensar.
Comprar: WOOK

TO ALL THE BOYS I'VE LOVED BEFORE, de Jenny Han
Falei-vos de toda a trilogia no ano passado, mas decidi apenas incluir o primeiro livro da saga aqui, porque é, de facto, o melhor e o meu preferido. Em português chama-se A Todos os Rapazes que Amei e os dois volumes seguintes existem já em português também. Outra boa notícia é que este livro foi adaptado para cinema e a Netflix adquiriu os direitos pelo que se espera que, algures no Verão, o mundo possa finalmente ver a adaptação. O Peter Kavinsky é uma das minhas personagens masculinas de sempre, por isso estou um bocadinho entusiasmada! Aproveitem para ler a minha opinião sobre a trilogia aqui.

LOVE, LIES AND LEMON PIES, de Katy Cannon
Enquanto estava a escrever esta publicação descobri que este livro existe em português. Fiquei estupefacta, sinceramente! Li o Love, Lies and Lemon Pies, em português Mentiras, Paixão e Tartes de Limão, em Dezembro e não fazia ideia de que existia cá. É o típico livro levezinho para os dias de Primavera. Falei-vos um bocadinho dele aqui.

EVERY DAY, de David Levithan
Há três anos, o A Cada Dia foi-me oferecido numa campanha de 2 em 1. Não o conhecia, não fazia ideia do que tratava, mas li-o numa viagem de comboio. Numa única viagem de comboio, em quatro horas. É alguém que todos os dias acorda num corpo diferente e acaba por se apaixonar, o que, só por si, é uma premissa interessante e diferente. O filme estreia dia 29 de Março.



Vejam também o blog da Lyne e do Jota!


1 Theory So Far

  1. Não gostei do A cada dia :x Mas o diz-lhe que não é mt bom

    ResponderEliminar

A resposta aos comentários é dada na própria caixa de comentários.

Não serão aprovados comentários de carácter ofensivo (para mim, para quem possa estar mencionado no texto ou para os meus seguidores e comentadores) e/ou que atentem contra a liberdade humana. Assim como não serão aprovados comentários que incentivem o ódio.