PORTO: SERRALVES

serralves - porto
Eis aquilo de que me lembrava da minha primeira visita à Fundação Serralves: visitámos o museu por completo (tinha obras que não compreendi), fizemos uma sessão fotográfica imensa no jardim, descemos um bocadinho e, quando eu estava finalmente a aproveitar Serralves, tivemos de ir embora porque estava na hora de o autocarro nos levar de volta a Trancoso. De facto, as visitas de estudo são úteis, mas acabam por nos limitar.

Desta vez, sabia o que queria realmente ver quando passasse os portões da Fundação e foi assim que percebi que eu não tinha visto nada do parque naquela vez em que lá estive. Felizmente, desta vez pude tirar a desforra e explorá-lo com calma, de uma ponta à outra, incluindo a quinta. Optámos apenas pela visita ao parque. Eu já conhecia o museu e não achei que o museu fosse o ponto ideal para a nossa visita.
serralves - porto
serralves - porto
serralves - porto
O parque da Fundação Serralves já existe há umas boas décadas, mais precisamente desde a década de 1920. Em 1923, o 2.º Conde de Vizela herdou a Quinta do Lordelo, que viria a ser este parque, embora tivesse, na altura, uma área mais pequena do que a actual. O jardim foi totalmente projectado pelo arquitecto Jacques Gréber, em 1932, e mesmo depois de a propriedade ter sido vendida a Delfim Ferreira não houve alterações no espaço (uma das condições de venda do Conde de Vizela).

Só em 1987 é que a propriedade foi comprada pelo Estado Português, para ali instalarem um museu. Abriram a Casa de Serralves nesse ano, mas só em 1999 abriu o Museu de Arte Contemporânea, desenhado por Siza Vieira. Dois anos depois, o parque foi alvo de obras de reabilitação, para recuperar algumas áreas que, com o tempo, mostravam já algum desgaste.
serralves - porto
serralves - porto
serralves - porto
O parque é enooooooooooooorme e é mesmo um local para se visitar com calma, caminhando por cada atalho e explorando cada cantinho o melhor possível. A nós foi algo que demorou cerca de uma hora e meia, sem pressas e ainda com tempo para nos sentarmos um bocadinho. Talvez por termos visitado a meio da tarde de um dia de semana, não havia muita gente por lá e o local está silencioso e calmo, mesmo perfeito para um passeio bom e tranquilo, como eu gosto.
serralves - porto
serralves - porto
serralves - porto
Esta visita foi feita no final de um dia muito cansativo (já tínhamos, a este ponto, andado uns bons 10 quilómetros) e, ainda assim, soube-nos bem e foi uma experiência agradável, que permitiu compensar a pressa de sete anos antes, naquela visita de estudo onde não nos deixaram ver o jardim como devia ser.

Leiam mais sobre o Porto aqui.


Informações Úteis
Horário
De Outubro a Março:
2.ª a 6.ª - 10h - 18h
fim-de-semana: 10h - 19h

De Abril a Setembro:
2.ª a 6.ª - 10h - 19h
fim-de-semana: 10h - 20h

Bilhetes
Museu (inclui Parque e Casa) – 10 € 
Parque – 5,00 €
50% desconto entre os 13 e os 18 anos, para estudantes e pessoas com idade igual ou superior a 65 anos
20% de desconto para portadores do Cartão Jovem ou do Porto Card
Entrada gratuita até aos 12 anos e no 1.º domingo de cada mês, até às 13h

Localização
Rua D. João de Castro, 210


8 Theories So Far

  1. Se há sítios no Porto que eu gosto, são o Parque da Cidade e Serralves. Há poucos sítios tão verdadeiramente encantados como estes. Cada canto, cada arbusto, cada detalhe é um sonho tornado realidade.
    Gosto muito de ir aí e compensa de todas as vezes.
    Obrigada por nos teres trazido estas fotos que me fazem recordar com tanto carinho esta calma.
    Ainda bem que desta vez pudeste aproveitar melhor cada segundo da visita.
    Beijinhos <3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Serralves é um lugar maravilhoso, principalmente quando começas a descer junto ao lago e tudo parece saído de um outro mundo!

      Eliminar
  2. Obrigado, sua linda :D

    Sou um fã incurável do Porto, mas isso já não é novidade nenhuma :P A Serralves só fui uma vez, muito no início :D Agradou-me grandemente esse jardim :D

    NEW REVIEW POST | TWO PRODUCTS MY HAIR HAS LOVED IT! <3
    InstagramFacebook Official PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens de voltar! Toda uma sessão fotográfica que podias fazer para tornar o teu blog ainda mais bonito!

      Eliminar
  3. Mas a última fotografia deixou-me sem fôlego!! Está tão bela, Sofia!!! *0*
    Deve ter sido mesmo bom caminhar em tamanha natureza!

    LYNE, IMPERIUM

    ResponderEliminar
  4. Das duas vezes que fui ao Porto não consegui ir :( PArece ser um espaço tão maravilhoso!!
    Por onde anda a Sofia?-Instagram

    ResponderEliminar

A resposta aos comentários é dada na própria caixa de comentários.

Não serão aprovados comentários de carácter ofensivo (para mim, para quem possa estar mencionado no texto ou para os meus seguidores e comentadores) e/ou que atentem contra a liberdade humana. Assim como não serão aprovados comentários que incentivem o ódio.