THE GOLDEN RULES OF BLOGGING

"The Golden Rules of Blogging" - Robin Houghton
Há uns anos, criar um blog não era algo muito planeado: decidíamos criar, escolhíamos a plataforma que nos parecia mais simples, escolhíamos um nome e um endereço e em poucos minutos tínhamos o template personalizado e estávamos já a preparar o primeiro post. Agora não é assim. Agora temos de pensar bem em todas as componentes associadas ao blog: o nome, o endereço, a plataforma, o template, o conteúdo, as redes sociais, a estratégia. E, como passamos algum tempo a pensar nestas componentes, pesquisamos sobre tudo o que nos pode ajudar e queremos conhecer as regras do jogo. Todas as regras. E há muitas. Pelo menos uma por cada blogger que exista no mundo.

O The Golden Rules of Blogging (And When To Break Them) foi prenda de Natal e despertou-me interesse assim que o desembrulhei. Primeiro, pela capa de material reciclado. Depois, pelo título. As regras de ouro. Folheei-o e percebi que o livro abordava 28 dessas regras, mas imagino que poderiam ser muitas mais. A organização do livro é muito simples: uma página sobre o porquê da regra e a página ao lado com a ideia para a quebrar. Depois, uma página com um testemunho de um blogger sobre como seguiu a regra e outra página com um testemunho de outro blogger sobre quebrar a regra.
"The Golden Rules of Blogging" - Robin Houghton
Todos os testemunhos são dados por bloggers diferentes, o que também se torna uma forma diferente e interessante de ficar a conhecer novas vozes e opiniões. As dicas que nos são dadas são boas, tanto para seguir como para quebrar a regra. Também gostei do facto de poder conhecer novos blogs e de, no final, haver uma pequena lista de links úteis. Muitos livros deste género acabam por dificultar a vida a quem os lê em países diferentes, mas, neste caso, acho que o livro é facilmente adaptado a todos os tipos de blogs de todos os tipos de países, o que é uma grande vantagem.

Quais são as regras de ouro para criar um blog?
Mas afinal há regras assim tão importantes para quem quer criar um blog? E é preciso segui-las todas? Mas isso não dá demasiado trabalho? E não tira toda a diversão que era suposto haver? (...) Bem, vamos por partes. É claro que há regras e é claro que não têm de as seguir todas, até porque não há nenhuma Constituição da Blogosfera, onde esteja tudo preto no branco, branco no preto. E tal como há regras, há excepções. E não acho que dêem demasiado trabalho nem que tirem a diversão de blogar.

Não posso dizer que tenha concordado a 100% com todas as regras que li no livro, mas acho que todas acabam por fazer sentido e acho que todas têm excepções perfeitamente válidas e poderiam ser aprofundadas com cláusulas e alíneas e uma série de coisas que as tornasse mais oficiais. Mas, lá está, por muito que as coisas tenham mudado, por mais regras que invoquemos, ter um blog ainda é uma forma única de nos expressarmos e de mostrarmos uma parte de nós.
"The Golden Rules of Blogging" - Robin Houghton
5 regras do livro que merecem destaque
#1 - Ter um mindset profissional; (com especial destaque para a excepção: a blog should have passion and personality.)
#2 - Erros ortográficos e gramaticais vão matar o teu blog;
#3 - Evitar texto claro em fundos escuros;
#4 - Manter o aspecto limpo e arrumado;
#5 - Não roubar.

Tal como disse, para cada regra há uma excepção. Mas, em alguns casos, a excepção não é tanto uma excepção, mas sim uma forma diferente de lidar com aquela regra. Por exemplo, no caso da regra de não roubar, é óbvio que não há uma excepção que valide roubar conteúdo de outros. Mas há formas de usarmos esse conteúdo sem ser roubá-lo e é nisso que assenta a excepção.

Agora, um desafio para vocês: quais são as vossas regras de ouro no que diz respeito à blogosfera? Pode ser uma, podem ser vinte, mas, se quiserem, façam um post no vosso blog sobre as vossas regras de ouro e deixem-me o link nos comentários!


The Golden Rules of Blogging
Autor: Robin Houghton
Editora: Ilex Press
Formato: livro físico
Ano: 2015


11 Theories So Far

  1. Deve ser uma boa leitura. Gostava de saber o que te faz seguir um blog?
    As minhas regras são simples - Simplicidade, humor e um aspecto clean. ah e a originalidade

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha, boa pergunta! Acho que o conteúdo é o principal, sem qualquer dúvida!

      Eliminar
  2. Não conhecia o livro, mas o tema interessa-me e muito.
    beijinhos :)
    https://dailyvlife.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. Parece fantástico, vou ler!

    ResponderEliminar
  4. A minha regra de ouro é ser fiel a mim mesma. Nem vale a pena tentar passar a imagem de algo que não sou.
    Já tinha ouvido falar no livro e pareceu-me interessanto. Também ando a tntar melhorar a imagem do blogue
    Por onde anda a Sofia?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E é, sem dúvida, algo muito importante! *inserir aplausos aqui*

      Eliminar
  5. Aqui fica a minha resposta ao desafio: https://deixaser.pt/regras-de-ouro/
    :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Obrigada!
    Também tenho um blog recente e ando à procura de alguma orientação. Gostaria no entanto de lguma coisa em PortuguÊs, recomenda algum?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em português não há muitas opções, mas o "Ser Blogger" é uma boa ajuda para quem está a começar: Ser Blogger - Como Criar, Comunicar e Rentabilizar um Blog

      Eliminar
    2. Muito obrigada!!
      Acho que vou por aí. O meu blog é basicamente de sarcasmo e de opinião, mas não deixo de querer comunicar bem e chegar a mais pesoas. Já agora se a Sofia quiser espreitar: www.semfalta.net
      Obrigada pela ajuda.

      Eliminar
  7. Fiquei curiosa sobre este livro pelo que falas dele. Vou procurar. Obrigada pela sugestão, Sofia. Beijinhos

    ResponderEliminar

A resposta aos comentários é dada na própria caixa de comentários.

Não serão aprovados comentários de carácter ofensivo (para mim, para quem possa estar mencionado no texto ou para os meus seguidores e comentadores) e/ou que atentem contra a liberdade humana. Assim como não serão aprovados comentários que incentivem o ódio.