BYE, 2017 | FAVORITOS DO ANO

favoritos do ano
Há tantas coisas de 2017 sobre as quais queria falar que, sinceramente, tive de organizar muito bem tudo aquilo que ia entrar nestas publicações de fim de ano e, à última hora, decidi excluir uma publicação e fazer outra onde incluísse o tema da anterior, mas onde pudesse referir outras coisas — esta publicação que estão a ler. Esta publicação também funciona um bocadinho como spoiler para o que vão poder ler em 2018, uma vez que há muitas coisas aqui sobre as quais ainda não vos falei.

Aproveito para vos convidar a ler as duas publicações de final de ano que já saíram: 5 Livros, 5 Séries, 5 Filmes // Os Mais Lidos do Ano.
restaurantes favoritos 2017
Heim // Lado B
Miss Pavlova // Spirito
favoritos lisboa 2017
Parque Botânico do Monteiro-Mor // Jardim da Estufa Fria
Cidade Gráfica // MAAT
favoritos porto 2017
Jardim do Morro (porque tem a melhor vista para o Porto) // Estádio do Dragão
Jardim de Serralves // Torre dos Clérigos
eventos favoritos 2017
Estoril Open // David Fonseca em São Domingos de Benfica
produtos favoritos 2017
Batom Dreaming Iris, da Kiko // Hair Repair, da Gliss — falei de ambos aqui
Batom Liquid Suede, da nyx // Máscara Rock 'n' Doll, da Essence
aquisições favoritas 2017
Canon 700D (embora o guia do Porto também tenha sido muito útil) // Kindle
Camisola do Torres // Colar blue french horn + yellow umbrella
personalidades de 2017
Para esta parte vou alongar-me um bocadinho. Decidi destacar quatro figuras que este ano me deixaram a rebentar de orgulho ou que considero que trabalharam tanto este ano que merecem o reconhecimento desse trabalho, mesmo que neste blog pequenino.

Pedro Sousa, tenista. 
Sim, venho impingir-vos mais ténis. O Pedro Sousa teve uma boa época e, sinceramente, merece todo o reconhecimento que este blog tem para lhe dar (é pouco, Pedro, eu sei, mas é do fundo do coração!)! Vi o Pedro jogar ao vivo duas vezes este ano, na Taça Davis e no Estoril Open. Foi número 2 nacional, atingiu o seu ranking mais elevado de sempre (#102) e teve a provavelmente melhor época da carreira em 2017. You go, Pedro!
A foto do Pedro é da autoria do Tiago Petinga/Lusa.

Rita da Nova, blogger.
Já desconfiavam? Além de a Rita ser a pessoa que acompanho que melhor escreve, fiz o workshop dela e adorei (e descobri graças à BB8 que tenho alergia a gatos) e, como se isto não fosse suficiente, a Rita tem sido uma grande ajuda para mim num projecto que estou a desenvolver. A Rita é muito genuína e quando estive com ela pessoalmente senti que ela era tal e qual aquilo que eu imaginava.
A foto foi roubada do blog da Rita.

Joana Santos, Kids Go Zen.
A Joana é minha amiga, mas o motivo para a incluir aqui não é esse. Este ano, a Joana deu um passo enorme e investiu num projecto muito especial: o Kids Go Zen. A Joana arriscou e agora dá aulas de yoga a crianças e bebés e o brilho nos olhos dela quando fala deste projecto diz tudo. Talvez esteja a incluir aqui a Joana porque muitas vezes temos medo de arriscar e ficamos pela inércia e a Joana, apesar de todos os receios, arriscou e eu não podia estar mais orgulhosa!
A imagem é do Facebook do Kids Go Zen.

Peter McKinnon, fotógrafo e youtuber.
Sigo poucos youtubers, tanto nacionais como internacionais, e, desses, o Peter McKinnon foi a melhor surpresa do ano. Curiosamente, comecei a acompanhá-lo umas semanas antes de a Inês, do Bobby Pins, o ter mencionado e sempre que ela menciona os vídeos dele eu fico sempre super feliz porque não sou a única a adorá-lo! O Peter tem dicas de fotografia e vídeo excelentes e tem sido muito interessante acompanhar as dicas dele e tentar colocá-las em prática com a DSLR.
A foto é do Facebook do Peter.


1 Theory So Far

  1. Que ano preenchido! Também sigo o Peter porque as dicas que ele dá são mesmo fazíveis e incríveis para quem quer melhorar na fotografia. Fora que a forma de edição dos vídeos é incrível
    Por onde anda a Sofia?

    ResponderEliminar

A resposta aos comentários é dada na própria caixa de comentários.

Não serão aprovados comentários de carácter ofensivo (para mim, para quem possa estar mencionado no texto ou para os meus seguidores e comentadores) e/ou que atentem contra a liberdade humana. Assim como não serão aprovados comentários de ódio puro.