O WORKSHOP DA RITA

workshop escrita criativa
Os dias em que escrevia diariamente parecem pertencer a outra vida. Sempre defendi que a escrita é como fazer exercício: para nos tornarmos melhores e mais fortes temos de treinar com regularidade, tanto na escrita como no exercício. No entanto, tal como no exercício, quando começamos a falhar treinos e nos deixamos levar pela preguiça parece que cada vez se torna mais difícil voltar ao ritmo anterior. Principalmente quando decidimos que queremos voltar logo aos exercícios mais complicados e nos esquecemos de que, de vez em quando, é bom fazer algo mais simples, descomplicar.

Quando a Rita anunciou que ia dar um workshop de Escrita Criativa enviei-lhe logo um e-mail. Ando a tentar voltar ao meu ritmo de escrita de há um ano e senti que era a oportunidade ideal para o fazer. Acredito que podemos sempre aprender algo mesmo quando já temos experiência no assunto. Aliás, só isso é que nos pode ajudar a melhorar. E, claro, poder fazê-lo com a Rita deixou-me logo entusiasmada. Acompanho-a há algum tempo, desde que descobri o Quem conta um Conto, e quando li o blog dela pela primeira vez fiquei logo fã. Há muita gente que escreve bem e correctamente mas que, ao mesmo tempo, tem uma escrita enfadonha; a Rita escreve bem, correctamente e escreve de forma cativante. Quem melhor para um workshop de Escrita Criativa?

No sábado foi finalmente o dia do workshop (e de conhecer a Rita) e foi um dia muito bom. Passámos o dia a escrever, com papel e caneta, sem as distracções de escrever a computador, e no final do dia quase quis festejar o facto de ter ficado com um calo num dos dedos. Excluindo aquilo que escrevo no blog, não costumo partilhar o que escrevo com outras pessoas (nem outras pessoas o fazem comigo) por isso a experiência de estarmos ali a escrever e a partilhar o que escrevíamos foi muito boa. Confesso que no início do dia me sentia um bocadinho enferrujada e, à medida que íamos fazendo exercícios, parece que consegui recuperar ritmo e lá para o final já me sentia quase como o meu old self. 

Se quiserem fazer um workshop com a Rita, estejam atentos ao blog dela! Vale tanto, tanto, a pena que espero repetir a experiência! Obrigada, Rita!


5 Theories So Far

  1. Aaaawww Sofia!!
    Muito obrigada pelo teu post. Fico tão feliz por saber que te ajudei, aos pouquinhos, a voltar ao teu ritmo de escrita ��
    Agora é continuar e eu estarei aqui para ver ❤️

    ResponderEliminar
  2. Por acaso não me importava nada de experimentar.
    Beijinhos :)
    https://dailyvlife.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Gostava de experimentar, para a próxima vamos juntas ;) (fiquei com a sensação que escrevi o comentário com o e-mail do canal sorry)

    ResponderEliminar
  4. Ainda há pouco estava a mandar mensagem à Rita, mostrando o meu interesse pelo próximo workshop que fosse cá mais no Norte. Agora, lendo a tua opinião quase subo a paredes por não ser já dia 18 de Novembro. Obrigada pela partilha, Sofia, estás a motivar-me muito.
    Espero também que tenhas ficado com o bichinho outra vez dentro de ti e que sintas de novo essa vontade incontrolável de escrever.
    Beijinhos <3

    ResponderEliminar

A resposta aos comentários é dada na própria caixa de comentários.

Não serão aprovados comentários de carácter ofensivo (para mim, para quem possa estar mencionado no texto ou para os meus seguidores e comentadores) e/ou que atentem contra a liberdade humana. Assim como não serão aprovados comentários de ódio puro.