E O JORNALISMO?

jornalism stuff
A Maria Vaidosa lançou uma revista há uns dias e eu não podia ter ficado mais surpreendida com a revelação. Já fui seguidora quase fiel dos vídeos da Mafalda e nunca, em momento algum, esperei uma revista vinda dela. Acho, no entanto, que a maior surpresa é mesmo uma revista ser criada do nada, numa altura em que há revistas a fechar ou em vias de fechar. Há alguns anos que o jornalismo em Portugal está assim digamos que no lixo. Já estava muito antes de eu decidir estudar Jornalismo, muito antes de ter sequer tirado uma licenciatura nisso. Mas nos últimos anos piorou. E de vez em quando tenho saudades dos tempos em que o meu sonho era escrever para a Cosmopolitan (que, em Portugal, já fechou), para a Vogue e para umas quantas revistas incríveis... claro que isto foram sonhos americanizados, mas havia mais revistas em Portugal do que há agora. Pelo menos com alguma qualidade.

Ainda não vi a revista d'A Maria Vaidosa. Não sei se é boa ou não, se está escrita de forma correcta ou não, se vale a pena ou não. Mas não consigo deixar de sentir coisas contraditórias. Por um lado, acho extremamente positivo haver alguém a investir numa revista, num meio de comunicação. É bom saber que ainda nem todos desistiram de algo que sempre me apaixonou. É tão bom ver que, quando umas fecham, ainda há revistas a abrir, a começar. Mas não deixa de ser triste ver tudo o resto, ver como o panorama da imprensa escrita mudou, como desapareceram revistas e como tanto mudou ou desapareceu.

A verdade é que o Jornalismo não é como os blogs: não há espaço para todos. Podemos ser muitos a licenciar-nos em Jornalismo, mas nem todos vamos ser jornalistas. É a verdade. Mas, enquanto houver projectos novos ou vontade de dar uma nova (e boa) vida a projectos adormecidos, talvez não perca toda a esperança no Jornalismo. Talvez.


2 Theories So Far

  1. Ora bem, bem pensado. Também não a li, mas conto que dela venha bom conteúdo para YA - acredito que ela terá as ferramentas necessárias para isso. Veremos. O que é certo é que é uma aposta importante, e esse mérito ninguém lhe tira e é muito louvável!

    Jiji

    ResponderEliminar
  2. O meu namorado é licenciado em comunicação social com o sonho de ser jornalista e quando lhe disse que a Maria Vaidosa ia ter uma revista a reação foi "a sério? uma revista? coo assim? uma revista não se faz do nada"... E a verdade é que não se faz mesmo do nada. Comprei a revista porque sou seguidora dela e queria ver com os meus olhos e eu gosto, mas compreendo que pessoas formadas na área não gostem, não lhe reconheçam mérito...

    Entretanto descobri que a empresa que lhe faz a revista é a mesma que faz a Cristina! Coincidências? Talvez...

    Mudando de assunto fiz um post no meu blog sobre os blogs que adoro seguir e tu és mencionada! Espero que gostes! Podes ver aqui: https://milcoisasporfazer.blogspot.pt/2017/09/conhecer-blogs-4.html

    Beijinhos,

    Blog Mil Coisas Por Fazer | Instagram Mil Coisas Para Fazer

    ResponderEliminar

A resposta aos comentários é dada na própria caixa de comentários.

Não serão aprovados comentários de carácter ofensivo (para mim, para quem possa estar mencionado no texto ou para os meus seguidores e comentadores) e/ou que atentem contra a liberdade humana. Assim como não serão aprovados comentários de ódio puro.