KINDLE: MY NEW BFF

Kindle Review
Comprei um Kindle e estou apaixonada. Pronto, era só isto. Podem voltar ao que estavam a fazer! (...) O quê? Ainda aí estão? Ah! Querem saber mais coisas sobre este pequeno gadget? Pronto, eu satisfaço a vossa curiosidade! Mas só porque não quero que vos falte nada!

Andava há séculos para comprar um e-reader, mas adiei, adiei, adiei. Eu leio muito, como já devem saber, e muitas vezes leio ebooks. Ora: eu odeio ler no computador, porque muitas vezes leio deitada e o computador é tudo menos confortável. Costumava ler no tablet, mas ensinei a minha mãe a funcionar com o Facebook lá então ela começou a usá-lo como deve ser, fazendo com que eu ficasse sem sítio onde ler. Foi assim que me decidi. Vi uma promoção que me permitia poupar o dinheiro dos portes de envio and here we go.
Kindle Review
O que é o Kindle?
O Kindle é o e-reader da Amazon, disponível em vários modelos, mais ou menos avançados. Um e-reader permite, como o nome diz, ler ebooks em vários formatos. No caso do Kindle lê .mobi, .azw, .azw3, .pdf, ficheiros de Word (.doc, .txt), .html, .gif, .png, entre outros.

O meu Kindle
O modelo de Kindle que comprei é o mais simples de todos os disponíveis, o Kindle 8th Generation. É o modelo mais simples e barato e enche-me completamente as medidas. É pequenino (160 mm x 115 mm x 9,1 mm), leve (pesa cerca de 160g) e tão mas tão confortável para a leitura! É touch, tem 4 GB de memória interna, acesso a wi-fi e à nossa conta do Goodreads.

E-reader vs. Tablet
Aquilo que mais me perguntam é: mas faz assim tanta diferença ler num e-reader? FAZ! O tablet tem um ecrã brilhante, que cansa muito mais os olhos. Já o Kindle tem uma tecnologia chamada e-ink, ou seja, tinta electrónica. Isso é uma pequena maravilha que torna a leitura mais confortável, quase como se estivéssemos a ler um livro. Além disso, isto permite que o ecrã não reflicta luz, logo podemos ler na rua, ao sol, sem problemas.
Kindle Review
Bateria
Tenho o Kindle há pouco mais de dois meses e só tive de o carregar duas vezes. O Kindle vinha com meia carga, que durou duas semanas, mais coisa menos coisa. Eu uso-o com wi-fi desligado, o que ajuda a não gastar tanta bateria. Ainda assim, normalmente, acho que uma carga completa dá para um mês ou talvez mais, dependendo do quanto lemos. Devo ter de o carregar em breve e não o faço desde o meio de Abril. Com wi-fi desligado, o Kindle só gasta bateria quando viramos a página e tem um ecrã de bloqueio [como o que vêem em cima], que também não gasta bateria.
Para carregar a bateria, o Kindle traz um cabo USB e é assim que o carregam, tanto pelo computador, como pela box da televisão ou mesmo ligando a um adaptador de tomada.

Como comprar
O Kindle é exclusivo da Amazon. Em Portugal, novo, só assim podemos comprar. No entanto, se forem comprar têm de ter atenção a uma coisa: special offers. Ora, quando estamos no site da Amazon, por default, ao escolher o Kindle, o site assume que queremos com special offers. O preço é um bocadinho mais baixo (£10 ou $10), mas não exportam para Portugal porque as special offers são anúncios da Amazon. Como não há Amazon cá, os anúncios não estão disponíveis.
A solução é escolher a opção without special offers. Assim, o Kindle já pode ser enviado para Portugal, sem problemas. Estejam atentos a promoções. A Amazon tem Kindles em promoção várias vezes e esse desconto pode ajudar-vos a poupar o dinheiro dos portes de envio.

Como funciona
Podem enviar livros para o Kindle por e-mail, transferir através de USB ou comprar directamente na loja e o download é feito assim que tenham ligação wi-fi. Fácil! Se tiverem um livro num formato que o Kindle não lê (.epub, por exemplo) há vários sites e programas que permitem converter o ficheiro facilmente. Eu uso o Calibre há séculos, mas há outros igualmente simples

Lá dentro, a navegação é muito intuitiva. Têm a vossa biblioteca, onde vêem todos os livros que têm no Kindle, e, se conectarem com a vossa conta do Goodreads, têm acesso à vossa lista de leitura e a livros recomendados especialmente para vocês. Mais simples era impossível!
Kindle Review
Durante a leitura, podem personalizar o tipo de letra e o tamanho, além da orientação da página e do espaçamento entre linhas. Podem ainda sublinhar excertos de que gostam, que ficam automaticamente guardados e aos quais podem aceder mais tarde. E, espectacularmente, ao carregarem numa palavra que não compreendem têm acesso ao significado da mesma! Isto é incrível! Também podem organizar os livros em colecções (ainda não o fiz) e, mesmo que saiam do livro, o Kindle guarda a última página que leram e quando voltam é só continuarem a partir da última página que leram.

Os livros
Bem, é assim, os ebooks são, normalmente, mais baratos do que os livros físicos. Já comprei uns três ou quatro e não dei mais de 5€ por nenhum. Se quiserem ler em português será mais fácil comprar um livro do que encontrá-lo online de outra forma. Não é impossível, mas é difícil. Se lerem em inglês então encontram facilmente ebooks gratuitos um pouco por toda a internet e na loja do Kindle também há muitos livros gratuitos. Há uns tempos, por exemplo, comprei lá uns 12 ou 13 livros sobre Marketing... e não paguei nenhum! Também de forma legal, é fácil encontrar ebooks em inglês muito baratinhos, a poucos dólares ou libras.
Kindle Review
Vale a pena comprar?
O Kindle custa cerca de £69 (sem as special offers), o equivalente a 70 e tal ou 80€. Não é uma compra que se faça por capricho. Acho importante que gostem de ler e que leiam muito. E, sinceramente, se lêem muito então o Kindle é quase obrigatório porque facilita a leitura e o acesso a vários livros que ainda não existem em Portugal, por exemplo. Nestes dois meses, já li sete livros no Kindle, o que tem sido uma óptima forma de ler mais.

Além disso: é fácil de transportar (levo-o para todo o lado), não pesa quase nada, tem memória para milhares de livros e a bateria dura imenso. Isto parece-me óptimo no caso das viagens: não temos de nos preocupar em escolher os livros que levamos nem o peso que temos de carregar porque está tudo ali, naqueles duzentos gramas de maravilha tecnológica.

Já se renderam aos e-readers? Costumam ler ebooks?


15 Theories So Far

  1. Acho que a vantagem do kindle é realmente o facto de ser pequeno e compacto em vez de um livro gordo e pesadão. No entanto, acho que continuo a preferir os livros físicos... o cheiro de um livro novo é algo que é mágico :)
    TheNotSoGirlyGirl // Instagram // Facebook

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hei-de sempre gostar de livros em formato físico - a minha mini-biblioteca que o diga - mas isso não me impede de amar o Kindle, até porque me permite poupar dinheiro em livros e ler ainda mais! Tenho andado a ler 2 livros ao mesmo tempo (um no Kindle e outro físico) e acho muito prático!

      Eliminar
  2. Omg, quase que me convenceste.
    A bateria assim é um plus.

    Mas ainda assim gosto de folhear os livros, mas um kindle seria muito prático para quem viaja.

    ResponderEliminar
  3. Sempre preferi ler através do livro e não de um tablet ou pc. No entanto, fiquei com vontade de comprar um kindle, mas com a quantidade de livros que comprei nos últimos tempos e que ainda tenho para ler, não será para agora.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para quem lê muito vale a pena! E não invalida a leitura em formato físico!

      Eliminar
  4. Já pensei seriamente em comprar algo desse género. Sou uma rapariga que adora ler e nem sempre consigo comprar livros fisicos e tal como tu tem de ler no computador e não é nada confortável! Adorei o modelo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O meu factor de decisão foi: "Quantas vezes por mês leio ou tento ler ebooks?" Como percebi que andava a ler pelo menos um ebook por mês e só não lia mais porque era desconfortável, decidi-me! Mas, claro, é uma compra que deve ser ponderada!

      Eliminar
  5. Quase que me convenceste a arranjar um.. Não para já, mas quem sabe, a médio-longo prazo :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou muito forte no Content Marketing :p
      É uma boa aposta! Continuo apaixonada! :D

      Eliminar
  6. Adoro o kindle, também tenho esse mesmo modelo. O único problema que eu vejo nesse modelo é que não tem luz interna, ou seja, ler às escuras é impossível. Mas, sinceramente, não me tem feito muita falta e estou a gostar imenso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso não sinto grande falta da luz, porque gosto mesmo daquela coisa de ler com candeeiro ligado e assim :)

      Eliminar
  7. Eu tenho o modelo Paperwhite, que tem iluminação e permite ler no escuro. Acho que bateria não dura tanto como o Kindle normal, mas para ler à noite na cama, sem luzes acesas, é uma maravilha. Praticamente deixei de comprar livros em papel, gosto muito mais do e-reader para ler :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu continuo a comprar livros em papel, mas tenho lido mais no Kindle... e acho que leio mais rápido lá e tudo!

      Eliminar

A resposta aos comentários é dada na própria caixa de comentários.

Não serão aprovados comentários de carácter ofensivo (para mim, para quem possa estar mencionado no texto ou para os meus seguidores e comentadores) e/ou que atentem contra a liberdade humana. Assim como não serão aprovados comentários de ódio puro.