LISBOA: EXPOSIÇÃO CIDADE GRÁFICA

MUDE fora de portas: Cidade Gráfica
Andei muito tempo a sonhar com esta exposição. Está em exibição desde o final de Novembro e eu soube da sua existência logo no início, o que fez com que se seguissem várias semanas de oh, se estivesse em Lisboa já lá tinha ido! Quando se confirmou o meu regresso a Lisboa era certo que queria ir. Principalmente porque prometi a mim mesma que, desta vez, não ia adiar os meus passeios culturais como fiz muitas vezes nos três anos anteriores. Então lá fui ver a exposição Cidade Gráfica.

MUDE fora de portas: Cidade Gráfica
MUDE fora de portas: Cidade Gráfica
MUDE fora de portas: Cidade Gráfica
MUDE fora de portas: Cidade Gráfica
MUDE fora de portas: Cidade Gráfica
MUDE fora de portas: Cidade Gráfica
MUDE fora de portas: Cidade Gráfica
MUDE fora de portas: Cidade Gráfica
Adoro letreiros em néon. Não há um motivo específico, mas acho-os tão giros e lembram-me sempre outras épocas. Esta exposição tem exactamente essa característica: junta letreiros (em néon e não só) da cidade de Lisboa no século XX, desde letreiros de lojas a hotéis ou restaurantes. A exposição faz parte do programa MUDE fora de portas, um projecto que pretende levar algumas exposições temporárias do MUDE (Museu do Design e da Moda) a outros locais de Lisboa. Neste caso, é no Convento da Trindade, na Rua Nova da Trindade (a rua do Teatro da Trindade).
MUDE fora de portas: Cidade Gráfica
MUDE fora de portas: Cidade Gráfica
MUDE fora de portas: Cidade Gráfica
MUDE fora de portas: Cidade Gráfica
MUDE fora de portas: Cidade Gráfica
MUDE fora de portas: Cidade Gráfica
MUDE fora de portas: Cidade Gráfica
MUDE fora de portas: Cidade Gráfica
A exposição ocupa dois andares e em cada sala vêem letreiros feitos em materiais diferentes, desde os típicos de néon, até a materiais mais plásticos e até mesmo em vinil. Junto aos letreiros têm também informação, em português e em inglês, sobre aquilo que estão a ver: de onde veio o letreiro, quem o forneceu, como se fez e onde ficava. Há ainda várias fotografias dos locais e até alguns desenhos de projectos de remodelação dos locais com os letreiros.
MUDE fora de portas: Cidade Gráfica
MUDE fora de portas: Cidade Gráfica
MUDE fora de portas: Cidade Gráfica
MUDE fora de portas: Cidade Gráfica
MUDE fora de portas: Cidade Gráfica
MUDE fora de portas: Cidade Gráfica
MUDE fora de portas: Cidade Gráfica
Eu achei a exposição muito interessante e com informação adequada e fácil de compreender para qualquer pessoa. As salas são espaçosas e, apesar de termos apanhado uma visita de um grupo de várias pessoas, é fácil ver tudo com calma, fotografar, ler as informações e perceber aquilo que estamos a ver. Fui com a Lyne e acho que ela tem a mesma opinião. Se puderem, dêem lá um saltinho. A exposição é de entrada gratuita e vale muito a pena. A parte chata é que só está em exibição até domingo, dia 19.

MUDE fora de portas: Cidade Gráfica

Informações:
até dia 19 de Março
no Convento da Trindade
(Rua Nova da Trindade, n.º20)
com entrada gratuita


Share Your Theory