HARRY POTTER & THE CURSED CHILD PARTS ONE AND TWO

Book Review: "Harry Potter and the Cursed Child - part 1 & 2" [2016]
Eu nem sei por onde começar, sinceramente. Andava super curiosa desde que soube que ia haver uma peça de teatro com uma espécie de sequela de Harry Potter. Pudera!, a saga Harry Potter terá sempre um cantinho especial na minha vida. Há vários anos que, todos os anos, faço maratonas de filmes da saga. Aliás, no ano passado falei-vos sobre isso aqui. Este ano, vinte anos depois de ter saído o primeiro livro da saga e dez anos depois de ter lido um livro da saga pela última vez (o Deathly Hallows, o último volume), achei que estava na altura de voltar a ler os livros. Conheço os filmes quase de cor mas sentia falta dos livros. Acho que, desde 2007, li o Cálice de Fogo e o Príncipe Misterioso uma ou duas vezes, mas nada mais do que isso.

Entretanto, saiu este Harry Potter and the Cursed Child, o guião oficial da peça de teatro, com uma história passada dezanove anos depois de Deathly Hallows. O guião saiu a meio do Verão do ano passado e consegui passar meio ano sem spoilers. Nem um único spoiler! Não fazia ideia do que se passava na história e estava orgulhosa do feito porque ainda não tinha conseguido comprar o livro. Tenho o objectivo não tão secreto de ter todos os livros da saga, assim como a box de todos os filmes e dois ou três objectos especiais (incluindo um cachecol da minha casa — Ravenclaw), e, por isso, queria comprar o livro primeiro.

Até que aconteceu o impensável e dei por mim a ler algo, completamente distraída, e a levar o maior spoiler que poderia levar em relação à história do livro. Pensei que estava a ler algo falso, sinceramente, porque aquilo que li soava a fanfiction ou a algo demasiado... estranho para acontecer. Mas não estava. Então sucumbi e optei por ler em versão ebook, já que tenho outras prioridades literárias (incluindo dentro do mundo Harry Potter). E o que dizer sobre Cursed Child?
Book Review: Harry Potter and The Cursed Child parts one and two [2016]
Tal como disse, o livro não é na realidade um romance mas sim um guião da peça. Ora, isso faz toda a diferença porque as descrições são mínimas e uma das coisas de que mais gosto na escrita da J.K. Rowling é a capacidade de descrever tudo tão bem que nos sentimos realmente no centro da acção. Houve várias ocasiões durante a leitura em que desejei que isto não fosse um guião e que a Rowling pudesse encher-nos de descrições mágicas!

Mas isto é um guião e, na realidade, a história pode ser da Rowling mas a escrita nota-se que é maioritariamente do John Tiffany e do Jack Thorne. Houve tantas cenas em que quis descrições e em que quis que desenvolvessem mais aquilo que nos é apresentado! O facto de ser um guião também faz com que haja algumas mudanças bruscas de cena que na peça não se devem tornar tão bruscas mas que, a ler, se notam muito mais. Mas aquilo de que menos gostei foi o tratamento dado a algumas personagens. Não só não pareciam ter nada a ver com as personagens que conhecemos, como dei por mim a tentar imaginar o Ron ou a Hermione a dizer algumas das suas falas e, sinceramente, não me pareceu autêntico. Jo, eu adoro-te, mas como é que permites que escrevam certos diálogos que parecem saídos de uma fanfiction feita no Wattpad? Uma fanfiction boa, mas uma fanfiction.

Apesar de, garantidamente, este livro ser completamente diferente dos restantes, não deixei de me surpreender. Não esperei que a história se passasse à volta deste acontecimento, sinceramente, e não sei se não terá sido isso que tornou algumas partes da história mais forçadas. Mas adorei voltar a ter um bocadinho deste universo. Como sabem a história começa na altura do epílogo do último livro da saga, ou seja, dezanove anos depois da batalha de Hogwarts, e apesar de se centrar mais no Albus Severus Potter, o filho do meio do Harry, e no Scorpius Malfoy, o filho do Draco, temos as personagens de sempre em grande destaque também! É interessante ver o Harry na versão pai, a Hermione na profissão em que está e o Draco não é antagonista como sempre foi mas... senti falta do Ron ou, melhor dizendo, senti falta de ver algo mais do Ron.


Já leram? O que acharam?


Título OriginalHarry Potter and the Cursed Child - parts one and two
Título em Português: Harry Potter e a Criança Amaldiçoada
Autor: J.K. Rowling, John Tifanny, Jack Thorne
Editora: Editorial Presença [em Portugal] / li na versão do Pottermore
Ano: 2016
Nota ASW: 6/10


1 Theory So Far

  1. Sabes eu não desgostei do livro mas se calhar porque já sabia o que ia ler: um guião e não um "livro".

    Beijinhos,
    O meu reino da noite ~ facebook ~ bloglovin'

    ResponderEliminar