2016 | 10 POSTS MAIS LIDOS DO ANO

#Goodbye2016: Top 10 posts mais lidos
(em ordem crescente)


10 | Como É Que Se Lida Com Isto
Este ano consegui que o blog transparecesse uma fase importante da minha vida: a do final do curso. Claro que nem metade do que foi aquele último mês está nas palavras que escrevi mas uma parte significativa está e, surpreendentemente, este texto foi um dos mais lidos. Não sei se foi por ser um sentimento colectivo, pelo qual várias pessoas estavam a passar, mas começar a despedir-me de um local onde um bocadinho de mim vai estar sempre deu nisto.

09 | Voltaremos a Ter-nos, Lisboa!
Foi um ano de mudanças e de despedidas. A Lisboa disse um (espero eu) até já no início de Setembro, com o coração nas mãos e muitas incertezas. Depois de três anos na capital, sabia que a despedida ia ser difícil mas não imaginei que fosse tanto. Tenho saudades de Lisboa, claro que tenho, mas sei que tinha de ser assim. A despedida foi feita aqui.

08 | Os Melhores Concertos
Confesso que é uma surpresa ver esta mini-publicação nas mais lidas do ano. Vi os Snarky Puppy ao vivo e, depois de ter escrito uma reportagem para o ARDINAS24 não quis deixar passar um dos melhores concertos que já vi. A publicação, com link para a reportagem, pode ser lida aqui

07 | De Ser A Outra
Foi uma das publicações que mais me custou escrever, pelo tema em si. Afinal, não é todos os dias que alguém vem defender a outra de uma relação. As traições são temas sensíveis, claro que são, mas não são temas com um só ponto de vista e este pode ser lido aqui.

06 | Era Eu
Esta é a melhor música que os D.A.M.A já fizeram. A sério. Mostra a evolução dos últimos anos e acho que ajudou a consagrar a banda, pelo menos em alguns públicos aos quais ainda não tinham chegado totalmente. Quando saiu o single escrevi sobre eles e sobre a música. O resultado está aqui.

05 | Até Sempre, Pequenina!
Não me vou alongar, porque não consigo fazê-lo sem chorar. A Dama morreu e as mensagens de apoio que vocês me deixaram valem por tudo! Obrigada! Partilhámos um bocadinho da dor aqui.

04 | Coisas que Aprendi na Universidade e Ficam para a Vida
O facto de o A Sofia World não ter acompanhado todo o meu percurso académico foi a desculpa para fazer esta lista de 31 coisas que aprendi durante esse percurso. Sei que poderia ter incluído mais, mas realcei momentos que poucos (ou nenhuns) conhecem e consegui fechar um ciclo da melhor forma. Podem descobrir o que aprendi aqui.

03 | Antes Morrer
Ainda me vêm lágrimas aos olhos sempre que releio este texto, escrito no dia da minha Bênção (apesar de só o ter publicado uns dias depois). A ESCS foi a minha casa e senti que também no blog isso ficou realmente assinalado. Afinal, antes morrer do que a ESCS esquecer! Leiam aqui.

02 | O Curso de Jornalismo
Recebo muitas mensagens (mais do que podem imaginar) sobre a licenciatura que tirei. Este ano, depois de ter respondido a mais algumas perguntas sobre o meu curso, optei por escrever um texto sobre Jornalismo, da forma mais abrangente que consegui. O resultado foi o segundo texto mais lido de sempre, que também podem ler aqui.

01 | Atrás do Palco: Histórias de Backstage
Foi o mais lido do ano e de sempre. Mais de mil pessoas a lerem-no, várias partilhas e um texto que esteve quase para se ficar por ter sido um trabalho para a avaliação de uma cadeira do curso. Numa espécie de throwback ao fim-de-semana na Madeira, em 2015, podem ler o texto aqui.


4 Theories So Far

  1. acho que não precisas que diga, mais uma vez, que adoro a maneira como escreves, pois não? 1, 4, e 10 - os meus preferidos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, minha querida!!!! 💙

      Eliminar
  2. O meu favorito foi sem dúvida o 1! Adorei cada palavra! E a Madeira é mesmo um sítio inesquecível!

    ResponderEliminar

A resposta aos comentários é dada na própria caixa de comentários.

Não serão aprovados comentários de carácter ofensivo (para mim, para quem possa estar mencionado no texto ou para os meus seguidores e comentadores) e/ou que atentem contra a liberdade humana. Assim como não serão aprovados comentários de ódio puro.