THIS COUNTRY LIFE: O SILÊNCIO

This Country Life: a vida no interior do país
Uma das melhores coisas de estar aqui é chegar ao alpendre cá de casa e não ouvir barulho além da minha música, caminhar durante uma hora e tal e continuar sem ouvir barulho que não seja vindo da natureza, é estar sentada a olhar para o horizonte e não haver qualquer barulho de fundo vindo do trânsito. Sim, este silêncio vale ouro e é a melhor coisa daqui. Mesmo quando tenho saudades do movimento constante da capital, sei que este silêncio só existe aqui e é um privilégio tê-lo à janela.

Talvez o silêncio daqui fosse demasiado assustador para algumas pessoas, demasiado habituadas ao constante barulho de fundo das grandes cidades, mas este silêncio é igualmente terapêutico, faz demasiado bem à vida, à alma. Às vezes, tenho saudades de quando me ia sentar no Parque das Nações, junto ao rio. Lembro-me de algumas tardes em que estive lá e não precisei de fones para me alhear do mundo, de tão sossegado que estava.

O silêncio pode ser muitas vezes perturbador mas, nesta missão de manter o equilíbrio, às vezes é bom saber que é só parar uns segundos, sentar-me na rua, fechar olhos e não ouvir nada. Quem inventou a meditação devia viver num sítio assim.


4 Theories So Far

  1. Concordo plenamente: esse silencio é terapêutico. Eu não troco a cidade mas gosto de encontrar lugares sossegados e de me afastar da confusão de vez em quando (:

    ResponderEliminar
  2. Aiii, suspiro eu a pensar em toda essa ligação com a Natureza que o silêncio nos traz e tu tens a sorte de aproveitar todos os dias. É uma maravilha. Eu não receio o silêncio, agradeço-o até!
    Um beijinho :)

    ResponderEliminar
  3. Costumo dizer que sou uma rapariga de cidade, da agitação constante mas devo admitir que adoro locais calmos, onde podemos ouvir apenas o vento a passar ou os nossos pensamentos mais nada. Esse silêncio vale muitas vezes ouro

    ResponderEliminar
  4. Eu prefiro o barulho das cidades, mas é claro que às vezes necessitamos de parar e ouvir a natureza

    ResponderEliminar