MUDARAM-SE OS TEMPOS, MUDARAM-SE AS VONTADES?

Afinal, os filmes não eram assim tão bons.
Entre ontem e hoje decidi rever dois filmes que me lembro de ter adorado quando estrearam na televisão: os dois filmes do Charlie's Angels. Lembro-me, sinceramente, de ter adorado os filmes, principalmente o primeiro, que, convenhamos, é muito melhor do que o segundo. No entanto, hoje não tenho a mesma sensação. Sinceramente, além da participação do Matt LeBlanc (how you doin'?), do Rodrigo Santoro, e, claro, da música das Destiny's Child, os filmes pareciam realmente melhores há dez anos. Aliás, há uns dias revi o Mean Girls e a sensação foi parecida. Tenho a certeza de que se visse o Coyote Bar agora iria pensar o mesmo, por isso é óbvio que não vou ver. Não posso estragar a espectacularidade de um dos filmes que decidia ver sempre que dava na televisão, não posso estragar o filme que trouxe o Can't Fight The Moonlight para a minha vida, não posso, não posso!

O mais curioso é que tenho estado a rever FRIENDS e a série também me parece diferente daquilo que eu me lembrava, mas sobre isso falamos depois. A verdade é que há músicas, filmes, livros e séries que pareciam espectaculares e deixaram de me provocar esse efeito. Não foram eles quem mudou, fui eu. Provavelmente coisas que pareciam para lá de geniais sempre foram péssimas e eu é que não via. Se calhar, se formos ver bem as coisas, não são só os filmes ou livros. Analisando bem a vida e talvez também percebamos coisas semelhantes. Se calhar, talvez haja pessoas assim, que no início pareciam as melhores do mundo, e puf!, revelaram-se algo que não faria sentido estar presente noutras fases da nossa vida.

Mas vamos lá ver. Com esta reflexão tive vontade de reler a saga Twilight. Tenho a certeza de que, se o fizer, vou sentir-me adolescente outra vez. E vou questionar-me sobre tudo o que se passa naquela saga. E depois vou perceber que, de facto, há coisas que ficam bem sossegadinhas na fase da nossa vida em que aconteceram. Não há necessidade de trazer tudo para o presente. Não, não há.


Share Your Theory

A resposta aos comentários é dada na própria caixa de comentários.

Não serão aprovados comentários de carácter ofensivo (para mim, para quem possa estar mencionado no texto ou para os meus seguidores e comentadores) e/ou que atentem contra a liberdade humana. Assim como não serão aprovados comentários de ódio puro.