SPOTIFY PREMIUM: ONCE YOU TRY, THERE'S NO COMING BACK

A minha experiência com Spotify Premium
Uso Spotify desde que o serviço de streaming ficou disponível em Portugal, em Fevereiro de 2013. Infelizmente, dava-lhe mais uso em Lisboa porque, por estes lados, a internet não era a melhor e muitas vezes não conseguia apanhar rede que me permitisse passar horas a fio a ouvir música. No início deste ano, no entanto, concluí que, para o tempo que passava ligada ao Spotify em Lisboa, me compensava aderir ao serviço Premium e posso dizer-vos que, mais de meio ano depois, continuo a achar que foi uma opção muito boa.

O que é o Spotify Premium?
Versão paga do Spotify. Não tem anúncios, podemos ouvir onde quisermos, fazer os skips que quisermos, mesmo offline.

Pontos Positivos
Aquilo que mais pesou na minha decisão foi o facto de ter muitas playlists no Spotify (muitas mesmo) e querer ouvi-las quando não tinha rede (acontecia muito em Fiães e em algumas partes da minha viagem) ou quando não tinha tráfego para gastar e, por isso, não podia usar os dados móveis. Com o Premium isso deixou de ser um problema: fiz download das minhas playlists no computador e escolhi as minhas preferidas e fiz também download no telemóvel. O problema da falta de rede ou de dados deixou de existir!

Além disso, sabem aqueles anúncios chatos que, de vez em quando, se ouvem? Pois, desde Fevereiro que não sei o que é isso! E é muito bom passar horas a fio com o Spotify ligado sem ser interrompida por anúncios que teimavam em surgir quando uma pessoa estava a viver ao máximo um álbum espectacular.

No telemóvel, costumava ter vários GB de músicas. Álbuns inteiros, músicas soltas... demasiado espaço ocupado por música que, depois, tinha de apagar quando começava a ficar sem espaço para fotografias. Agora tenho GB de fotografias no telemóvel, é justo.

Menos downloads ilegais... mais vontade de comprar CDs. Sim, diminuíram (e muito) os downloads que faço mas a vontade de comprar CDs parece que não se vai embora assim. Quem me conhece mesmo bem já sabe como é que eu, a música e os CDs funcionamos e, de facto, não há Spotify que diminua esta vontade de estoirar o dinheiro em música.
A minha experiência com Spotify Premium
Pontos Negativos
Um mês de Spotify Premium custa 6,99€. Ora, 7€ por mês é um compromisso que não faz sentido para todos (e nem todos o podem pagar, claro).

Nem todos os artistas colocam a sua música no Spotify: se quiserem ouvir Taylor Swift não podem, a Adele e a Beyoncé também não partilharam os mais recentes trabalhos.

Se colocarem muitas playlists em modo offline certifiquem-se de que têm memória na cache para isso, não vá o telemóvel ficar super lento.

Conclusão
Para mim, compensa adquirir a versão Premium. No entanto, acho sempre que é algo que deve ser muito bem pensado. Se, por exemplo, não ouvem muita música ou se, simplesmente, não ouvem muita música no telemóvel, acho que não compensa pagar para usar o Spotify.

No meu caso, acho que têm sido os 7€ mais bem gastos. Em maratonas de estudo ou de trabalho, em tardes livres, em noites passadas a ler... passo muitas horas diárias a ouvir música e, pelas minhas contas, é como se pagasse cerca de 23 cêntimos por dia para ouvir horas e horas de música, o que me parece um preço justo para quem, de facto, ouve música durante horas.

Agora que estou em casa por tempo indeterminado e, por enquanto, só tenho acesso à internet do telemóvel, tem sido agradável poder ouvir as minhas playlists quando me canso de ouvir os CDs que tenho.


4 Theories So Far

  1. no meu caso não acho que fosse algo que se justificasse :)

    ResponderEliminar
  2. otima review, confesso que por enquanto não vejo necessidade de aderir ao spotify premium mas talvez durante este ano se passar muito tempo a ouvir musica entre as viagens considere :)
    beijinhos

    http://umacolherdearroz.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Óptimo post!
    Contido, confesso que o Spotify Premium não é para mim, 7 euros por mês é muito e, além disso, eu já tenho 3 GB de net todos os meses no meu telemóvel, e uso-os para ouvir música :).
    Beijinhos,
    Cherry
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar
  4. Já pensei muitas vezes em aderir ao Premium, visto que, tal como tu, vivo com os fones colados aos ouvidos... O problema é mesmo esse: a mensalidade. Eu não me importaria nada de tirar 7€ da minha mesada e pagar pela música que o Spotify proporciona, mas depois de tanto tempo a levar com a anúncios, já me habituei... Contudo, no futuro, aderir ao Premium talvez não seja assim tão mau! :P

    Beijinhos!
    A Vida de Lyne

    ResponderEliminar