HÁ MENOS SIM E MAIS SENÃO*

around Lisbon
O perto é longe quando não se quer. E o perto agora é mais do que longe, está a milhares de quilómetros, está do outro lado do mundo, noutro planeta, noutra galáxia. E, de repente, está ao teu lado. É como quando ele chega e te esqueces de como se respira e tens de te certificar de que o teu coração continua a bater. Tudo fica desfocado e tudo o que consegues ver é ele, a uns passos de ti, a parecer bonzão para caraças, e sem olhar para ti. Mas ele está ali. E tu queres que ele esteja ali, que te faça esquecer o resto, que esteja ali, que olhe para ti e que sinta o mesmo. Ou algo parecido. Só isso.

*daqui:


1 Theory So Far

  1. Cada vez mais fico encantada com essa tua forma de ver o amor... És incrível!

    A Vida de Lyne

    ResponderEliminar