PODES VOLTAR AGORA, PORTO?

Isto de ser do Porto...
Quero dizer-te que te perdoo as falhas, os nervos, todas as vezes em que o meu coração partiu por tua causa. Quero também dizer-te que não faz mal que tenhas momentos piores, em que pareces estar a afundar, porque eu vou estar sempre aqui, ao teu lado, porque é isso que se faz quando se ama alguém: fica-se, para o bem e para o mal.

Quero também agradecer-te. Pelos momentos de euforia, pela felicidade que já me proporcionaste, pela companhia que ofereces, por tudo o que me fazes sentir. Quero dizer-te que tenho orgulho em ti e em tudo o que és e representas. Obrigada por me encheres o coração de tanta coisa.

Quero, por fim, pedir-te que voltes ao que és realmente. Estes vislumbres da tua qualidade não chegam. Onde está a tua garra, a tua força? Onde é que está a tua essência?

És o amor da minha vida e sei que vamos estar sempre lado a lado. Afinal, como poderia eu deixar-te, Porto? Mas agora volta lá a ser o que eras. Porque, por muito que se perdoe, uma pessoa não aguenta mais.


2 Theories So Far

  1. E das tuas palavras faço as minhas. Estou sem reacção e se tivesse de escrever um texto agora seria este. FC Porto desde sempre e para sempre.

    ResponderEliminar

A resposta aos comentários é dada na própria caixa de comentários.

Não serão aprovados comentários de carácter ofensivo (para mim, para quem possa estar mencionado no texto ou para os meus seguidores e comentadores) e/ou que atentem contra a liberdade humana. Assim como não serão aprovados comentários de ódio puro.