LISBOA: TORRE DE BELÉM & PADRÃO DOS DESCOBRIMENTOS

Lisboa: Torre de Belém
Sabem aquela sensação de que, por vivermos em determinado local, temos todo o tempo do mundo para visitar e re-visitar museus, monumentos e afins? Durante dois anos era essa a ideia que tinha de Lisboa: vivia cá e, por isso, tinha todo o tempo deste mundo e do outro para visitar cada cantinho. Claro que ia a vários sítios mas adiava sempre várias visitas por um motivo qualquer. Este ano decidi que tinha de deixar de ser preguiçosa e tinha de começar a visitar os sítios que queria visitar (ou re-visitar) porque não sei onde é que a vida me vai levar no fim do curso e não sei quanto tempo terei mais por Lisboa (eia, que momento filosófico).

Aproveitei o meu aniversário, no dia 8 do mês passado, e o sol quentinho que estava para visitar dois locais da minha Lisbon Bucket List. Ao Padrão dos Descobrimentos nunca tinha ido, à Torre de Belém fui há uns dez anos, ou seja, já não fazia ideia do que havia lá. Inicialmente, o plano era ir também ao Mosteiro dos Jerónimos mas já fomos depois de almoço e a fila era enooooorme pelo que o Mosteiro vai ter de esperar mais um bocadinho para me voltar a ter por lá.

À semelhança daquilo que já tinha feito na publicação sobre Sintra, decidi fazer um mini-guia para estes dois monumentos. Além disso, já tinha publicado um outfit post fotografado na Torre de Belém, que podem ver aqui. As fotografias dos locais vêem depois das informações todas.
Como Chegar:
Ora bem, há várias opções para chegar a Belém, todas simples e acessíveis. Normalmente vou sempre de comboio, mas podem ir de autocarro ou mesmo de eléctrico. De comboio basta apanharem o comboio que liga Cascais ao Cais do Sodré. Se vierem do Cais do Sodré, um bilhete de ida e volta fica a 2,5€ (mais os 50 cêntimos do cartão Lisboa Viva, caso não tenham), mas os preços variam consoante as zonas em que têm de andar para chegar até lá. De eléctrico tem o 15, que sai da Praça da Figueira e vai até Algés (e vice-versa), em que um bilhete simples custa 2,85€. E, por fim, têm a hipótese do autocarro. Aí, da Carris têm o 714, 727, 728, 729 e o 751. Um bilhete simples custa 1,80€.

Preços:
Se são estudantes ou têm Cartão Jovem, tenho boas notícias: têm descontos! Há também desconto se comprarem bilhete conjunto para a Torre de Belém e o Mosteiro dos Jerónimos. No caso destes dois monumentos: na Torre de Belém um bilhete normal custa 6€, mas o cartão de estudante e o cartão jovem dão 50% de desconto. Além disso, no primeiro domingo de cada mês a entrada é gratuita. No Padrão dos Descobrimentos um bilhete normal custa 4€ mas, novamente, o cartão de estudante e o cartão jovem dão 50% de desconto.

Pontos Fortes:
A vista panorâmica do Padrão dos Descobrimentos é de cortar a respiração de tão linda que é! Vale completamente a pena ir lá a cima.
O mesmo pode ser dito da Torre de Belém: a vista é do caraças, mas lá dentro não há grande coisa para se ver, só mesmo das varandas.
Lisboa: Padrão dos Descobrimentos
Lisboa: Padrão dos Descobrimentos
Lisboa: Padrão dos Descobrimentos
Lisboa: Padrão dos Descobrimentos
Lisboa: Belém
Lisboa: Belém
Lisboa: Belém
Lisboa: Belém
Lisboa: Belém
Lisboa: Belém
Lisboa: Padrão dos Descobrimentos
Lisboa: Belém
Lisboa: Torre de Belém
Lisboa: Torre de Belém
Lisboa: Torre de Belém
Lisboa: Torre de Belém
Lisboa: Torre de Belém
Lisboa: Torre de Belém
Lisboa: Torre de Belém
Lisboa: Torre de Belém
Lisboa: Torre de Belém



6 Theories So Far

  1. Já fui muuuitas vezes à Torre de Belém mas nunca subi ao Padrão! A ida aos claustro no Mosteiro dos Jerónimos paga-se mas vale a pena!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quero muiiiiito voltar ao Mosteiro! Já lá estive mas foi há tanto tempo!

      Eliminar
  2. Já visitei os dois locais há uns bons anos atrás, mas do lado de fora, portanto não faço ideia como seja o interior. Gostei bastante da maneira como explicaste tudo, desde os preços aos transportes, facilita imenso se quiser organizar um plano!

    Ricardo, The Ghostly Walker.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Torre de Belém tem uma sala com canhões e uma pseudo-capela, de resto não tem nada lá dentro. O Padrão tem uma exposição num piso e o resto é mesmo só o miradouro.
      Obrigada, acho que facilita a quem tem interesse nos locais :)

      Eliminar
  3. As tuas fotografias estão excelentes! De facto nós, que sempre morámos nos arredores de Lisboa, achamos que temos tempo para ir a estes lindos sítios, mas a verdade é que acabamos por deixar passar as ocasiões. Obrigado por nos estimulares a ir visitar estes fabulosos locais. Porque fazer turismo no nosso próprio país é tão bom ou, às vezes, melhor ainda que ir ao estrangeiro!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada! Fico muito feliz por vos ter dado vontade de ir passear por sítios bonitos :)

      Eliminar