DENGAZ: PARA SEMPRE

Album Review: "Para Sempre", de Dengaz.
Quem me conhece há muitos anos sabe isto: a minha fase de ouvir hip-hop e rap português passou há uns anos, no tempo em que o Agir não era tão conhecido e cantava uma versão diferente de "Voltar ao Paraíso" (porque eu já lá estive e foi contigo, oh no paraísoooooo). Sempre fui mais de rock e pop mas também sempre fui de conhecer música nova — e acho que o sou cada vez mais.

Conheço o Dengaz há uns tempos, muito por intermédio do Richie Campbell. Quando comecei a ouvir a "Dizer Que Não" na rádio gostei logo da música e, por isso, claro que quis ouvir o álbum Para Sempre. Não podia ter tomado melhor decisão! Para Sempre é mais um álbum que mostra aquilo que de melhor se faz em Portugal. A sério: tenho vontade de me levantar e bater palmas de tanto que gostei deste álbum!

Entre canções mais ritmadas e outras a puxar para o mais calminho, letras fáceis de decorar e com situações com as quais uma pessoa se consegue rever, o melhor deste novo trabalho de Dengaz está, para mim, em temas como "Rainha", "Dizer Que Não" (que tem a participação de Matay) e "Para Sempre" (com Ziggi Recado, e que tem uma letra tão mas tão boa!).

Não posso deixar de falar do tema em que o António Zambujo participa, "Nada Errado", que aposto que já ouviram pelas rádios. Por agora tenho andado a ouvi-lo em plataformas digitais mas não me importava nadinha que este Para Sempre viesse parar à minha colecção de CDs. Nadinha mesmo.



Share Your Theory