COLDPLAY: A HEAD FULL OF DREAMS

Album Review: "A Head Full Of Dreams", by Coldplay
Coldplay é uma daquelas bandas. Não sou fã agarrada como sou de outras bandas, mas o meu coração fica muito feliz quando os ouve, principalmente quando se trata de um certo grupo de músicas que marcou tantos momentos. Os Coldplay são, provavelmente, uma das bandas que mais gosto de ouvir quando estou a escrever, porque são de uma inspiração enorme! Além disso, quero taaaaaaaanto vê-los ao vivo! 

Arrisco-me a dizer que o X&Y é o meu álbum preferido da banda mas quando o primeiro single do A Head Full Of Dreams saiu fiquei curiosa. Não sei se é de mim mas "Adventures of a Lifetime" soou-me tão feliz, tão enérgica, que eu soube logo que só podia ser um bom presságio para um álbum feliz. Acredito que as mudanças a nível pessoal do Chris Martin tenham tido alguma influência em tudo o que podemos ouvir neste álbum e, se assim foi, ainda bem que a banda fez um álbum tão bonito.

O ritmo está longe das baladas pop de outros tempos e é quase impossível ficar quieto a ouvir este álbum porque, inevitavelmente, vamos dar por nós a bater o pé ao ritmo da música ou, no limite, a levantar o rabo da cadeira e a dançar pela casa. Eu sei que já disse isto mas A Head Full Of Dreams é um álbum feliz e essa felicidade passa para quem o ouve. Juro-vos que ouvir este álbum é ter logo um boost de alegria e boa disposição, o ideal para começar bem o dia.

Aquilo que mais notei neste álbum e que me deixou a pensar foi o facto de ser cada vez mais difícil ouvir bandas com instrumentos tradicionais. É tão interessante ver a forma como a música é feita agora, com cada vez mais recurso a meios tecnológicos para fazer música. Isto não é uma crítica, de todo, mas é interessante notar isso no mundo da música e fiquei a pensar nisto depois de ouvir o álbum. Calma! Não se apoquentem: não há aqui sintetizadores exagerados nem nada do género.

As minhas faixas preferidas são "A Head Full of Dreams" e a "Army of One". Há também que destacar a participação de Tove Lo (no tema "Fun") e de Beyoncé (em "Hymn For The Weekend"). Além disso, a voz do Chris Martin ao longo do álbum está muito harmoniosa e dá um gosto particular ouvi-lo.


Já ouviram o novo trabalho dos Coldplay? Qual é a vossa opinião?


1 Theory So Far

  1. Ainda não o ouvi com atenção, mas as músicas que já ouvi não gostei muito.

    ResponderEliminar