O TEMPO É O NOSSO MELHOR AMIGO

O tempo é o nosso melhor amigo
Acho que não há uma única pessoa que, no meio do desespero, não tenha pensado pesquisar como curar um coração partido no Google. Admito que pensei nisso muitas vezes. Noutras tantas só queria que alguém — alguém que fosse! — me dissesse qual a cura para as noites em branco, as lágrimas, o vazio, o sentimento de termos sido atropeladas 300 vezes por um comboio de mercadorias. 

Quem me dera que houvesse uma cura milagrosa para o coração partido, que fosse fácil recuperar um coração despedaçado, que eu não tivesse de conhecer estes sentimentos. Mas não há cura, não há como saber para onde vão os corações partidos e, sem dúvida, não há como não aprender qualquer coisa com um coração partido. 

Se há coisa que sei sobre como lidar com corações partidos é que o tempo — por muito cliché que soe — cura tudo. Enquanto não aceitarmos que pode demorar algum tempo, não vamos a lado algum. Uns demoram mais do que outros mas, com tempo, todos recuperamos. Acabam as noites em branco, as lágrimas, o medo das memórias, o vazio, tudo.

Provavelmente, alguém me deve ter dito que só me restava esperar. Eu é que não ouvi. Tal como ninguém ouve quando eu digo que o tempo vai ajudar a curar o coração partido. Como se não fosse tudo demasiado doloroso, ainda nos dizem para ficarmos à espera. E ficamos. Até que o tempo chegue.

O que fazemos nesse tempo é connosco. 


4 Theories So Far

  1. Também eu achava que essa história de que "o tempo cura tudo" era apenas um cliché. Mas a verdade é que o tempo é o nosso melhor amigo nestas ocasiões e cura, realmente, tudo - ou ajuda a amenizar. No início parece que não sabemos como lidar com as coisas, mas à medida que os dias, as semanas e os meses passam, acabamos por entender qual o passo a dar de seguida e, passo a passo, vamos conseguindo chegar a uma zona de conforto que nos apazigua a dor.
    Concordo totalmente com o que escreveste. E não me canso do teu blogue!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A mim, para curar tudinho (desde traumas a cicatrizes), demorou mais de um ano. Mas nesse tempo foi tudo acalmando e aprende-se a viver um dia de cada vez.
      Obrigada, Joana! :)

      Eliminar
  2. Time heals all wounds. E isto é mesmo verdade!

    ResponderEliminar